Treinamento NR 31 Manejo de Animais Peçonhentos

Curso NR 31 Manejo de Animais Peçonhentos

Nome Técnico: Curso Capacitação NR 31 Manejo de Animais Peçonhentos

Cód: 16550

Curso NR 31 Manejo de Animais Peçonhentos

O Curso NR 31 Manejo de Animais Peçonhentos tem por objetivo habilitar o profissional quanto a identificação de animais peçonhentos, assim como a forma correta de agir em casos de contato com o animal e também acidentes.

O que são Animais Peçonhentos? São aqueles animais que produzem uma peçonha ou órgão secretor (glândula), e possui uma ferramenta capaz de injetar tal peçonha na sua presa ou predador.
Essa ferramenta podem ser dentes modificados, ferrão, aguilhão, cerdas urticantes, entre outras.
Os animais peçonhentos são: Aranhas, Lacraias, Cobras, Escorpiões, Vespas, Formigas, Abelhas, Taturanas e Marimbondos.

Escolha Seu Plano

100% Presencial

16 Horas - Com experiência

Nossa Sede ou In Company DDD 11

Outros Locais Consultar

R$ 
Consultar

Por Pessoa/Turma (PagSeguro)

Semipresencial/Reciclagem

08 hs EAD / 08hs Presenciais

Nossa Sede ou In Company DDD 11

Outros Locais Consultar

R$ 
Consultar

Por Pessoa/Turma (PagSeguro)

Preços Especiais

para Empresas/Turmas

Consulte

Conteúdo Programático

Curso NR 31 Manejo de Animais Peçonhentos

Biologia de Animais Peçonhentos;
Mitos e verdades sobre animais peçonhentos;
Serpentes (peçonhentos e não peçonhentos) caracterização e diferenciação;
Acidentes e primeiros socorros com animais peçonhentos;
Prevenção de acidentes com animais peçonhentos;
Identificação e Reconhecimento de animais perigosos;
Sorologia;
Insuficiência Renal Aguda;
Técnica para determinação do tempo de coagulação;
Aplicabilidade do Método de ELISA (Teste Imunoenzimático);
Tratamento: Específico e geral;
Equipamento de Proteção Individual – EPI;
Equipamento de Proteção Coletiva – EPC;
Como elaborar Análise Preliminar de Riscos – APR;

Complementos:
Exercícios práticos;
Percepção dos riscos e fatores que afetam as percepções das pessoas;
Impacto e fatores comportamentais na segurança;
Fator medo;
Consequências da Habituação do risco;
A importância do conhecimento da tarefa;
Entendimentos sobre Ergonomia;
Análise de posto de trabalho;
Riscos ergonômicos;
Noções e Procedimentos de Primeiros Socorros;
Avaliação Teórica e Prática;
Certificado de Participação;

Referências Normativas aos dispositivos aplicáveis e suas atualizaações:
NR 31 – Segurança e Saúde no Trabalho na Agricultura, Pecuária Silvicultura, Exploração Florestal e Aquicultura;
NR 07 – Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional;
NR 09 – Programa de Prevenção de Riscos Ambientais;
NR 06 – Equipamento de Proteção Individual EPI;
NR 17 Ergonomia;
Protocolo 2015 Guidelines American Heart Association;
Portaria GM N.2048 – Política Nacional de Atenção as Urgências;

Atenção:
EAD Ensino a Distância, Presencial e Semipresencial
Base Legal – Norma Técnica 54 Ministério do Trabalho
RESPONSABILIDADES – Como a capacitação em SST é obrigação trabalhista a ser fornecida pelo empregador a seus trabalhadores em razão dos riscos oriundos da atividade explorada, é de inteira responsabilidade do empregador garantir sua efetiva implementação, sujeitando-se às sanções administrativas cabíveis em caso de uma capacitação não efetiva ou ainda pela capacitação de má qualidade que não atenda aos requisitos da legislação. É indispensável observar que, ainda que se opte pela realização de capacitação em SST por meio de EAD ou semipresencial, é salutar que toda capacitação seja adaptada à realidade de cada estabelecimento. É que o trabalhador está sendo capacitado pelo empregador para atuar em determinado espaço, logo, uma capacitação genérica não irá atender às peculiaridades de toda e qualquer atividade econômica.veja na íntegra Nota Técnica 54 do Ministério do Trabalho MT Clique Aqui 

Carga Horária

Curso NR 31 Manejo de Animais Peçonhentos

Participantes sem experiência:
Carga horária mínima = 24 horas/aula

Participantes com experiência:
Carga horária mínima = 16 horas/aula

Atualização (Reciclagem):
Carga horária mínima = 08 horas/aula

Renovação (Reciclagem): É recomendável anualmente ou se ocorrer evento que indique a necessidade de atualização.

Certificado: Será expedido o Certificado para cada participante que atingir o aproveitamento mínimo de 70% (teórico e prático) conforme preconiza as Normas Regulamentadoras.

Rescue Cursos

Nossos Cursos são completos e dinâmicos

Reproduzir vídeo

Saiba mais: Curso NR 31 Manejo de Animais Peçonhentos

NR 31.5.1.3.10 Em casos de acidentes com animais peçonhentos, após os procedimentos de primeiros socorros, o trabalhador acidentado deve ser encaminhado imediatamente à unidade de saúde mais próxima do local.
NR 31.20.2 e)   proteção dos membros inferiores;
1.5. Tratos com animais, suas vísceras e de detritos e na possibilidade de transmissão de doenças decorrentes de produtos infecciosos ou parasitários.


1.6. Picadas de animais peçonhentos.

f) proteção dos membros inferiores;
botas impermeáveis e antiderrapantes para trabalhos em terrenos úmidos, lamacentos, encharcados ou com dejetos de animais;
botas com biqueira reforçada para trabalhos em que haja perigo de queda de materiais, objetos pesados e pisões de animais;
botas com solado reforçado, onde haja risco de perfuração.
botas com cano longo ou botina com perneira, onde exista a presença de animais peçonhentos.

Acidentes com escorpiões podem ser graves e é preciso tomar muito cuidado, principalmente com crianças, idosos e animais de estimação. Adultos também podem ter complicações porém geralmente são mais raras.
A dica das galinhas procede. Ajuda muito contra insetos, escorpiões e aranhas. Simples e eficiente, mas só controla a população das áreas abertas.
É preciso eliminar ninhos das áreas fechadas, internas e isso só se faz aliando: controle de pragas à base de produtos químicos + muita limpeza e arrumação + manutenção de frestas e buracos atrativos para eles. São ações conjuntas e todo mundo tem que cooperar. 

Curso NR 31 Manejo de Animais Peçonhentos: Consulte-nos.

Atualize seu conhecimento!

Os Melhores Cursos e Treinamentos