Treinamento NR 10 Básico

      Nenhum comentário em Treinamento NR 10 Básico

Treinamento NR 10 Básico

Treinamento de NR 10 Básico – Segurança em Instalações e Serviços com Eletricidade. A NR 10 definiu que só podem exercer atividades com eletricidade os trabalhadores qualificados, ou capacitados e os profissionais habilitados, após o  treinamento obrigatório e com anuência formal da empresa.  O anexo II na NR 10 determina que são obrigatórios para todos os profissionais com trabalhos em eletricidade os seguintes treinamentos:
Curso Básico – Segurança em instalações e serviços com eletricidade, com carga horária de 40 horas, para todos os trabalhadores;
Curso Complementar – Segurança no Sistema Elétrico de Potência (S.E.P.) e em suas proximidades, com carga horária de 40 horas, para os profissionais que exercem atividades no Sistema Elétrico de Potência ou em suas proximidades.
Conteúdo Programático: Treinamento NR 10 Básico – Segurança em Instalações e Serviços com Eletricidade 40 horas/aula

Treinamento NR 10 Básico

Treinamento NR 10 Básico

Programação Mínima:
1. Introdução à segurança com eletricidade.
2. Riscos em instalações e serviços com eletricidade:
a) o choque elétrico, mecanismos e efeitos;
b) arcos elétricos; queimaduras e quedas;
c) campos eletromagnéticos.
3. Técnicas de Análise de Risco.
4. Medidas de Controle do Risco Elétrico:
a) desenergização.
b) aterramento funcional (TN / TT / IT); de proteção; temporário;
c) equipotencialização;
d) seccionamento automático da alimentação;
e) dispositivos a corrente de fuga;
f) extra baixa tensão;
g) barreiras e invólucros;
h) bloqueios e impedimentos;
i) obstáculos e anteparos;
j) isolamento das partes vivas;
k) isolação dupla ou reforçada;
l) colocação fora de alcance;
m) separação elétrica.
5. Normas Técnicas Brasileiras – NBR da ABNT: NBR-5410, NBR 14039 e outras;
6. Regulamentações do MTE:
a) NRs;
b) NR-10 (Segurança em Instalações e Serviços com Eletricidade);
c) qualificação; habilitação; capacitação e autorização.
7. Equipamentos de proteção coletiva.
8. Equipamentos de proteção individual.
9. Rotinas de trabalho – Procedimentos.
a) instalações desenergizadas;
b) liberação para serviços;
c) sinalização;
d) inspeções de áreas, serviços, ferramental e equipamento;
10. Documentação de instalações elétricas.
11. Riscos adicionais:
a) altura;
b) ambientes confinados;
c) áreas classificadas;
d) umidade;
e) condições atmosféricas.
12. Proteção e combate a incêndios:
a) noções básicas;
b) medidas preventivas;
c) métodos de extinção;
d) prática;
13. Acidentes de origem elétrica:
a) causas diretas e indiretas;
b) discussão de casos;
14. Primeiros socorros:
a) noções sobre lesões;
b) priorização do atendimento;
c) aplicação de respiração artificial;
d) massagem cardíaca;
e) técnicas para remoção e transporte de acidentados;
f) práticas.
15. Responsabilidades.

Treinamento NR 10 Básico:
Dentro da NR 10 temos os Riscos em Instalações e Serviços com Eletricidade que devemos explicar em detalhes para os profissionais desta área.
Há diferentes tipos de Riscos devido aos efeitos da eletricidade no ser humano e no ambiente em que vivemos:
Os principais são:
• Choque Elétrico;
• Arco Elétrico;
• Campos Eletromagnéticos
…Existem dois tipos de choques elétricos, o estático e o dinâmico. Dentro do choque dinâmico, o qual é o mais perigoso, temos duas características importantes:
• Tensão de Toque;
• Tensão de Passo.
…Na tensão de toque o fator agravante é o caminho que a corrente elétrica faz no corpo humano, ou seja, o coração sempre está no meio deste caminho.
Com isso aumenta as chances de fibrilação ventricular (ocorre quando as câmaras superiores do coração não se encontram em um ritmo sincronizado, e tremulam ou fibrilam. Isso significa que elas batem muito rápida e de forma irregular). Se acontecer este fenômeno a principal forma de retomar esta sincronia é utilizando um equipamento chamado Desfibrilador (DEA – Desfibrilador Externo Automático).