Inspeção de Boiler NR 13 com ART

Laudo de Boiler NR 13 com ART

Nome Técnico: Laudo de Inspeção Boiler NR 13 com ART

Cód:10347

Laudo de Boiler NR 13 com ART
A Inspeção Técnica  para atendimento da Norma NR 13, tem como objetivo monitorar a condição de segurança do equipamento inspecionado, prevenindo situações de riscos, como por exemplo a ruptura da parede do equipamento.
Além de também estabelecer requisitos mínimos para gestão da integridade estrutural dos Boilers e suas tubulações de interligação nos aspectos relacionados à instalação, operação, manutenção e inspeção, com foco na segurança e saúde dos trabalhadores.

O que é Boiler?
Boiler é um reservatório térmico de água com a função de aquecimento e preservação da temperatura.
Possui um grande formato cilíndrico na horizontal ou vertical.
Utilizado no processo de aquecimento de água de duchas, torneiras, banheiras, piscinas de residências ou de estabelecimentos comerciais como hotéis, academias, centros de estéticas etc.

Laudo de Boiler NR 13 com ART
Visita técnica para estabelecer cronograma de trabalho;
Verificação das documentações dos equipamentos;
Inspeção visual da instalação e dos equipamentos;
Estabelecer quais os testes necessários para verificação das condições de segurança de cada Boiler;
Abertura de Registro de segurança (livro com páginas numeradas) ou atualização do mesmo para cada equipamento caso não possua;
Placas de identificação de cada equipamento, caso não exista;
Calculo da PMTA;
Projeto de Instalação;
Elaboração de laudo atestando a condição operacional de cada equipamento;
Avaliação qualitativa;
Avaliação quantitativa;
Registro fotográfico;
Conclusão do PLH;
Proposta de melhorias corretivas;
Emissão da ART (Anotação de Responsabilidade Técnica);

Teste Ultrassom para Boiler: Medição de espessura da chaparia (Tampos e Costado), através de Ultrassom.

Teste Hidrostático quando for o caso:
Obs: Para realização do teste hidrostático o equipamento deverá estar vazio e limpo.
Dispor de um ponto para captação de água para enchimento do tanque.
As áreas onde serão realizados os testes deverão ser sinalizadas e isoladas com fitas zebradas.

Referências Normativas aos dispositivos aplicáveis e suas atualizações:
NR – 06 – Equipamento de Proteção Individual – EPI;
NR – 12 – Segurança no Trabalho em Máquinas e Equipamentos;
NR – 13 – Caldeiras, de Pressão e Tubulação;
ABNT NBR 16057 – Sistema de aquecimento de água a gás (SAAG) — Projeto e instalação;
ABNT NBR 8130 – Aquecedor de água a gás tipo instantâneo – Requisitos e métodos de ensaio;
ABNT NBR 10540 – Aquecedores de água a gás tipo acumulação — Terminologia;
ABNT NBR 5410 – Instalações elétricas de baixa tensão;
ABNT NBR 7198 – Projeto e execução de instalações prediais de água quente;
ABNT NBR 8130 – Aquecedor de água a gás tipo instantâneo – Requisitos e métodos de ensaio;

Laudo de Boiler NR 13 com ART

Cabe a Contratante quando for o caso:
Fornecer os meios, Projetos arquitetônicos em AutoCad ou PDF;
Lista de todos os equipamentos elétricos e eletrônicos contidos na áreas com marca, potência modelo, tipo e temperatura;
Se tiver inflamáveis e/ou combustíveis armazenados com mais 400 litros no total torna-se obrigatório fazer o Prontuário da NR-20.

Laudo de Boiler NR 13 com ART

Validade das Inspeções: ANUAL exceto se ocorrer quaisquer das seguintes situações:
a) mudança nos procedimentos, finalidades, condições ou operações de trabalho;
b) evento que indique a necessidade de nova Inspeção;
d) mudança de empresa;
e) troca de máquina ou equipamento.
Será emitido Laudo Técnico por Profissionais Legalmente Habilitados Perito e Engenheiro de Segurança do Trabalho com ART;

Os Equipamentos utilizados possuem Atestado de Aferição vigente e demais equipamentos são analógicos.

Causas do Acidente Trabalho:
Falta de cuidados do empregado;
Falta de alerta do empregador;
Mesmo efetuando todos os Treinamentos e Laudos obrigatórios de Segurança e Saúde do Trabalho em caso de acidente de trabalho o empregador estará sujeito a Processos tipo:
1- Inquérito Policial – Polícia Civil;
2- Perícia através Instituto Criminalista;
3- Procedimento de Apuração junto Delegacia Regional do Trabalho;
4- Inquérito Civil Público perante o Ministério Público do trabalho para verificação se os demais trabalhadores não estão correndo perigo;
5- O INSS questionará a causa do acidente que poderia ser evitado e se negar a efetuar o pagamento do benefício ao empregado;
6- Familiares poderão ingressar com Processo na Justiça do Trabalho pleiteando danos Morais, Materiais, Luxação, etc.;
7- Tsunami Processuais obrigando o Empregador a gerar Estratégia de Defesas mesmo estando certo;
8- Apesar da Lei da Delegação Trabalhista não prever que se aplica a culpa em cooper vigilando mas apenas a responsabilidade de entregar o equipamento de treinamento (responsável em vigiar e na tem que realmente vigiar;
9- Não prever que se aplica a culpa em cooper vigilando ao Empregador mas apenas a responsabilidade de entregar o equipamento de treinar vale frisar que o Empregador também fica responsável em vigiar);
10- Quando ocorre um acidente além de destruir todo o “bom humor” das relações entre os empregados ou também o gravíssimo problema de se defender de uma série de procedimento ao mesmo tempo, então vale a pena investir nesta prevenção.
Salientamos que o empregado não pode exercer atividades expostos a riscos que possam comprometer sua segurança e saúde.
Sendo assim podem responder nas esferas criminal e civil, aqueles expõem os trabalhadores a tais riscos.

Laudo de Boiler NR 13 com ART

Rescue Cursos

Laudos, Perícias Programas, ART's e muito mais!

Reproduzir vídeo

Saiba Mais: Laudo de Boiler NR 13 com ART:

Saiba mais sobre Laudo de Boiler NR 13 com ART:
Compete ao proprietário ou ao locador do equipamento realizar as manutenções necessárias.
A obrigatoriedade é definida de acordo com a Portaria 3214/78 e suas alterações na NR-13.

O Profissional Habilitado avalia as condições dos equipamentos através de ensaios via ultrassom e teste hidrostático.
Para realizarmos a emissão do laudo, seguimos uma sequência determinada em norma técnica ABNT, também emitindo uma ART (Anotação de Responsabilidade Técnica) registrada no CREA.
Boilers – Equipamento que oferece grande capacidade de produção de vapor ou água quente, conforme sua característica e especificação técnica. Ao completar 25 anos, a Norma determina que seja realizada análise do tempo restante de sua vida útil.
O objetivo destas avaliações é manter os equipamentos operacionais em condições seguras de uso. Caso não possua esse Laudo, a empresa estará sujeita à infração, cujo valor da multa varia em função do número de funcionários da empresa e do item que foi lavrado.
13.2.2 Os equipamentos abaixo referenciados devem ser inspecionados sob a responsabilidade técnica de PH, considerando recomendações do fabricante, códigos e normas nacionais ou internacionais a eles relacionados, bem como submetidos a manutenção, ficando dispensados do cumprimento dos demais requisitos desta NR:
a) recipientes transportáveis, vasos de pressão destinados ao transporte de produtos, reservatórios portáteis de fluido comprimido e extintores de incêndio;
b) recipientes transportáveis de gás liquefeito de petróleo – GLP – com volume interno menor do que 500 L (quinhentos litros) e certificados pelo INMETRO;
c) vasos de pressão destinados à ocupação humana;
d) vasos de pressão que façam parte de sistemas auxiliares de pacote de máquinas;
e) vasos de pressão sujeitos apenas à condição de vácuo inferior a 5 (cinco) kPa, independente da classe do fluido contido;
f) dutos e seus componentes;
g) fornos e serpentinas para troca térmica;
h) tanques e recipientes para armazenamento e estocagem de fluidos não enquadrados em normas e códigos de projeto relativos a vasos de pressão;
i) vasos de pressão com diâmetro interno inferior a 150 mm (cento e cinquenta milímetros) para fluidos das classes B, C e D, conforme especificado no item 13.5.1.2, alínea “a” e cujo produto P.V seja superior a 8 (oito), onde P é a pressão máxima de operação em kPa, em módulo, e V o seu volume interno em m³;
j) trocadores de calor de placas corrugadas gaxetadas;
k) geradores de vapor não enquadrados em códigos de vasos de pressão;
l) tubos de sistemas de instrumentação com diâmetro nominal ≤ 12,7 mm (doze milímetros e sete décimos) e com fluidos das classes A e B, conforme especificado no item 13.5.1.2, alínea “a”;
m) tubulações de redes públicas de distribuição de gás.
13.5.1.4 Todo vaso de pressão deve ter afixado em seu corpo, em local de fácil acesso e bem visível, placa de identificação indelével com, no mínimo, as seguintes informações:
a) fabricante;
b) número de identificação;
c) ano de fabricação;
d) pressão máxima de trabalho admissível;
e) pressão de teste hidrostático de fabricação;
f) código de projeto e ano de edição.

Importante:
Se necessário a utilização de Máquinas e Equipamentos de Elevação é obrigatório, imediatamente antes da movimentação, a realização de:
01 – Elaboração da Análise Preliminar e Risco -APR
02 – Permissão de Trabalho (PT)
03 – Checar EPIs e EPCs
04 – Verificar o Manual de Instrução do Equipamento;
04 – Verificar o Laudo de Inspeção Técnica do Equipamento e dos Pontos de Ancoragem com ART
05 –  Manter Equipe de Resgate equipada;
06 – Reunião de segurança sobre a operação com os envolvidos, contemplando as atividades que serão desenvolvidas, o  processo de trabalho, os riscos e as medidas de proteção, conforme análise de risco, consignado num documento a ser arquivado contendo o nome legível e assinatura dos participantes;
a) Inspeção visual;
b) Checagem do funcionamento do rádio;
c) Confirmação de que os sinais são conhecidos de todos os envolvidos na operação.
07- A reunião de segurança deve instruir toda a equipe de trabalho, dentre outros envolvidos na operação, no mínimo, sobre os seguintes perigos:
a) Impacto com estruturas externas;
b) Movimento inesperado;
c) Queda de altura;
i) Outros específicos associados com o içamento.
08 – A equipe de trabalho é formada pelo(s) ocupante(s) do cesto, operador do equipamento, sinaleiro designado e supervisor da operação.
09 – A equipe de Resgate equipada deve permanecer a tempo de resposta dentro dos padrões  de  zero a 10 minutos.

Laudo de Boiler NR 13 com ART: Consulte-nos.

Laudo de Boiler NR 13 com ART, Laudo de Boiler NR 13, Laudo de Boiler NR 13 com ART, o que é o Laudo de Boiler? pra que serve o Laudo de Boiler?, aonde fazer o Laudo de Boiler?, como fazer o Laudo de Boiler?, quem pode fazer Laudo de Boiler?, porque fazer o Laudo de Boiler?, quando fazer o Laudo de Boiler?, quanto custa o Laudo de Boiler?, treinamento de Boiler, certificado de Laudo de Boiler, apostila de Laudo de Boiler, qual objetivo do Laudo de Boiler?, reciclagem de Laudo de Boiler,

Atualize seu conhecimento!

Os Melhores Cursos e Treinamentos