Treinamento de Resgate de Homem ao Mar

      Nenhum comentário em Treinamento de Resgate de Homem ao Mar

Treinamento de Resgate de Homem ao Mar

O Treinamento de Resgate Homem ao Mar visa  treinar, orientar, simular, ações necessárias em ordem cronológica, de modo a reduzir, neutralizar ou eliminar danos pessoais nas atividades portuárias (operações beira mar) com risco de queda de homem ao mar.
Cenário: Homens realizando trabalho em altura (sobre o mar) em porto, com o apoio de lancha no mar e operador, salva vidas e kit de socorro, para resgatar eventual homem que caia ao mar.
Objetivo: Compreendem-se por salvamento aquático todas as operações realizadas em rios, lagoas, represas, mar, enchentes, piscinas e outros mananciais de água, visando à prevenção da integridade física de pessoas que se envolvam em ocorrências em que a água seja o agente causador de acidentes.

Treinamento Resgate Homem ao Mar

Treinamento Resgate Homem ao Mar

Conteúdo programático:
Conceito;
Prevenção de afogamentos;
Prevenção de riscos nos trabalhos em altura NR 35;
Sinalizações;
Treinamento prático de resgate;
Acidentes no meio líquido;
Sistema respiratório;
Tipos de acidentes em meio líquido;
Síndrome de imersão;
Hipotermia;
Afogamento;
Divisões do afogamento;
Angústia;
Pânico;
Submersão;
Graus de afogamento e tratamentos;
Equipamentos para busca e salvamentos;
Prevenção e riscos em trabalho em altura (antes, durante e depois);
Técnicas de aproximação ao acidentado;
Conhecimentos técnicos básicos;
Técnicas de embarcar acidentado com poli traumatismo;
Plano de ação em casos de acidente (homem ao mar);
Procedimentos com vítimas em afogamentos;
Equipamentos básicos de salvamento aquático;
Material de apoio ao salvamento aquático;
Prático de salvamento de homem ao mar;
Tipos de reboque;
Lanterna subaquática;
Sistemas de comunicação;
Acidentes envolvendo produtos químicos;
Prevenção de acidentes em desembarque.

Normas Regulamentadoras aos dispositivos Aplicáveis:
Normativas Nacionais: NR 29,  NR 04, NR 05, NR 06, NR 07, NR 09, NR 16, NR 17, NR 19, NR 20, NR 21, NR 26;
Referências de Normas Internacionais aos dispositivos aplicáveis:
NFPA 307: Standard for the Construction and Fire Protection of Marine Terminals, Piers, and Wharves ( NFPA 307: Norma para a construção e proteção contra incêndio de terminais marítimos, piers e cais).
NFPA 1005: Standard for Professional Qualifications for Marine Fire Fighting for Land-Based Fire Fighters ( NFPA 1005: Norma para Qualificações Profissionais para Combate a Incêndio Marítimo para Bombeiros em Terra).
NFPA 303: Fire Protection Standard for Marinas and Boatyards ( NFPA 303: Norma de Proteção contra Incêndio para Marinas e Estaleiros Navais)
NFPA 58: Liquefied Petroleum Gas Code ( NFPA 58: Código de Gás Liquefeito de Petróleo).

Requisitos: Treinamento Resgate Homem ao Mar
EPI, EPC, e estrutura  de resgate conforme preconiza as Normas da Marinha,  são por conta da Contratante;
Atestado dos Participantes de boas condições de saúde física e mental dentro da validade de 90 dias;
Acessar a partir da água, a balsa salva-vidas, utilizando colete salva-vidas;
Concentração no ponto de reunião;
Desvirar balsa inflável dentro d’água;
Nadar 15 metros sem colete salva-vidas e com colete salva-vidas;
Saltar da plataforma com colete salva-vidas altura 3 metros;
Se manter flutuando por 10 minutos;

Carga Horária: Treinamento Resgate Homem ao Mar
Capacitação Carga horária  mínima =  08 horas/aula.
Atualização (Reciclagem)   – Carga horária  mínima = 08 horas/aula.

Certificação: Será expedido o Certificado para cada participante que atingir o  aproveitamento mínimo de 70% (teórico e prático) conforme preconiza as Normas Regulamentadoras.

Atualização (Reciclagem): É recomendável anualmente ou se ocorrer evento que indique a necessidade de atualização.

Clique no Vídeo para assistir Treinamento Resgate Homem ao Mar.

Treinamento Resgate Homem ao Mar: Consulte-nos.