PMOC - Plano Manutenção Operação Controle Ar Condicionado

PMOC – Plano Manutenção Operação Controle Ar Condicionado

Nome Técnico: PMOC – Plano Manutenção Operação Controle Ar Condicionado

Cód: 15178

O objetivo do  Plano de Manutenção, Operação e Controle – PMOC dos respectivos sistemas de climatização, visa à eliminação ou minimização de riscos potenciais à saúde dos ocupantes.
A lei 13.589 de 04 de janeiro de 2018  se aplica  a todos os edifícios de uso público e coletivo que possuem ambientes de ar interior climatizado artificialmente e também aos ambientes climatizados de uso restrito, tais como aqueles dos processos produtivos, laboratoriais, hospitalares e outros, que deverão obedecer a regulamentos específicos.

Escopo do Serviço:

Elaboração do PMOC – Plano de Manutenção Operação e Controle de Ar Condicionado
Verificações qualitativas por grupo homogêneo (filtro)
Verificação da Capacidade do Compressor;
Verificação dos Controles do Condensador;
Verificação do Controle do Nível de Líquido;
Verificação do Controles do Evaporador;
Verificação do Controle da Circulação do Líquido Bombeado;
Verificação da Temperatura e Níveis de Frio NR 17;
Verificação da Instalação Elétrica;
Verificação dos Riscos quanto a Saúde dos ocupantes (animais peçonhentos, odor, fungos,etc);
PMOC – Plano de Manutenção Operação e Controle:
Verificação da Instalação e dutos  da unidade externa e interna;
Elaboração do Cronograma de Ações e Programa;
Emissão da ART, assinada por Profissional legalmente Habilitado.

Referências Normativas aos dispositivos aplicáveis:

NR-15 – Atividades Insalubres;
NR-17 – Ergonomia;

PORTARIA Nº 3.523, DE 28 DE AGOSTO DE 1998 – Ministério da Saúde;

Lei 13589 de 04/01/2018: Dispõe sobre a manutenção de instalações e equipamentos de
sistemas de climatização de ambientes

ABNT NBR 5410:2004 Errata 1: Instalações elétricas de baixa tensão
ABNT NBR 5410:2004 Versão Corrigida: Instalações elétricas de baixa tensão

ABNT NBR 5419-4: Proteção contra descargas atmosféricas, Parte 4: Sistemas elétricos e eletrônicos internos na estrutura;
ABNT NBR 5419-2: Proteção contra descargas atmosféricas, Parte 2: Gerenciamento de risco;
ABNT NBR 5419-3: Proteção contra descargas atmosféricas, Parte 3: Danos físicos a estruturas e perigos à vida;
ABNT NBR 5419-2: Proteção contra descargas atmosféricas, Parte 2: Gerenciamento de risco;
ABNT NBR 5419-1: Proteção contra descargas atmosféricas, Parte 1: Princípios gerais;
ABNT NBR 5419-3: Proteção contra descargas atmosféricas, Parte 3: Danos físicos a estruturas e perigos à vida;
ABNT NBR 5419-4: Proteção contra descargas atmosféricas, Parte 4: Sistemas elétricos e eletrônicos internos na estrutura;
ABNT NBR ISO 5419: Brocas helicoidais – Termos, definições e tipos;

ABNT NBR 16655-1:Instalação de sistemas residenciais de ar-condicionado – Split e compacto Parte 1: Projeto e instalação;
ABNT NBR 16655-2:Instalação de sistemas residenciais de ar-condicionado – Split e compacto Parte 2: Procedimento para ensaio de estanqueidade, desidratação e carga de fluido frigorífico Instalação de sistemas residenciais de ar-condicionado – Split e compacto Parte 3: Método de cálculo da carga térmica residencial;
ABNT NBR 11215: Equipamentos unitários de ar-condicionado e bomba de calor – Determinação da capacidade de resfriamento e aquecimento;
ABNT NBR 10780: Equipamento de apoio no solo — Unidade móvel de ar-condicionado para aeronaves;
ABNT NBR 15976: Redução das emissões de fluidos frigoríficos halogenados em equipamentos e instalações estacionárias de refrigeração e ar condicionado — Requisitos gerais e procedimentos;
ABNT NBR 15848: Sistemas de ar condicionado e ventilação – Procedimentos e requisitos relativos às atividades de construção, reformas, operação e manutenção das instalações que afetam a qualidade do ar interior (QAI);
ABNT NBR 16401-1: Instalações de ar-condicionado – Sistemas centrais e unitários Parte 1: Projetos das instalações;
ABNT NBR 16401-2: Instalações de ar-condicionado – Sistemas centrais e unitários Parte 2: Parâmetros de conforto térmico;
ABNT NBR 16401-3: Instalações de ar-condicionado – Sistemas centrais e unitários Parte 3: Qualidade do ar interior;
ABNT NBR 7541: Tubo de cobre sem costura para refrigeração e ar-condicionado – Requisitos;
ABNT NBR IEC 60598-2-19: Luminárias Parte 2: Requisitos Particulares – Capítulo 19: Luminárias para sistemas de ar-condicionado (requisitos de segurança);
ABNT NBR 10080: Instalações de ar-condicionado para salas de computadores – Procedimento;
ABNT NBR 16235: Dutos fabricados em painéis pré-isolados;
ABNT NBR 15960: Fluidos frigoríficos — Recolhimento, reciclagem e regeneração (3R) — Procedimento;
ABNT NBR 15627-1: Condensadores a ar remotos para refrigeração Parte 1: Especificação, requisitos de desempenho e idenficação;
ABNT NBR 15627-2: Condensadores a ar remotos para refrigeração Parte 2: Método de ensaio;
ABNT NBR 14679: Sistemas de condicionamento de ar e ventilação — Execução de serviços de higienização;
ABNT NBR 7256: Tratamento de ar em estabelecimentos assistenciais de saúde (EAS) – Requisitos para projeto e execução das instalações;

Validade do Documento: PMOC – Plano de Manutenção Operação e Controle de Ar Condicionado: É recomendável renovação anual ou se ocorrer evento que indique a necessidade de atualização do mesmo.

 

Rescue Cursos

Laudos, Perícias Programas, ART's e muito mais!

Reproduzir vídeo

Saiba mais sobre PMOC – Plano de Manutenção Operação e Controle de Ar Condicionado:
LEI 13.589, DE 4 DE JANEIRO DE 2018
Dispõe sobre a manutenção de instalações e equipamentos de sistemas de climatização de ambientes.

O PRESIDENTE DA REPÚBLICA Faço saber que o Congresso Nacional decreta e eu sanciono a seguinte lei:
Art. 1º Todos os edifícios de uso público e coletivo que possuem ambientes de ar interior climatizado artificialmente devem dispor de um Plano de Manutenção, Operação e Controle – PMOC dos respectivos sistemas de climatização, visando à eliminação ou minimização de riscos potenciais à saúde dos ocupantes.
1º Esta lei, também, se aplica aos ambientes climatizados de uso restrito, tais como aqueles dos processos produtivos, laboratoriais, hospitalares e outros, que deverão obedecer a regulamentos específicos.
2º (VETADO).
Art. 2º Para os efeitos desta lei, são adotadas as seguintes definições:
I – ambientes climatizados artificialmente: espaços fisicamente delimitados, com dimensões e instalações próprias, submetidos ao processo de climatização por meio de equipamentos;
II – sistemas de climatização: conjunto de instalações e processos empregados para se obter, por meio de equipamentos em recintos fechados, condições específicas de conforto e boa qualidade do ar, adequadas ao bem-estar dos ocupantes; e
III – manutenção: atividades de natureza técnica ou administrativa destinadas a preservar as características do desempenho técnico dos componentes dos sistemas de climatização, garantindo as condições de boa qualidade do ar interior.
Art. 3º Os sistemas de climatização e seus Planos de Manutenção, Operação e Controle – PMOC devem obedecer a parâmetros de qualidade do ar em ambientes climatizados artificialmente, em especial no que diz respeito a poluentes de natureza física, química e biológica, suas tolerâncias e métodos de controle, assim como obedecer aos requisitos estabelecidos nos projetos de sua instalação.
Parágrafo único. Os padrões, valores, parâmetros, normas e procedimentos necessários à garantia da boa qualidade do ar interior, inclusive de temperatura, umidade, velocidade, taxa de renovação e grau de pureza, são os regulamentados pela Resolução no 9, de 16 de janeiro de 2003, da Agência Nacional de Vigilância Sanitária – ANVISA, e posteriores alterações, assim como as normas técnicas da ABNT – Associação Brasileira de Normas Técnicas.
Art. 4º Aos proprietários, locatários e prepostos responsáveis por sistemas de climatização já instalados é facultado o prazo de 180 (cento e oitenta) dias, a contar da regulamentação desta lei, para o cumprimento de todos os seus dispositivos.
Art. 5º Esta lei entra em vigor na data da sua publicação.
Brasília, 4 de janeiro de 2018; 197º da Independência e 130º da República.
MICHEL TEMER
Torquato Jardim
Em primeiro lugar verifique as normas ou códigos acomodáveis à instalação do equipamento no local selecionado para assegurar-se que o sistema criado estará de acordo com as mesmas. Consulte por exemplo a NBR5410 “Instalações Elétricas de Baixa Tensão”. Faça também um planejamento cuidadoso da localização das unidades para esquivar-se de casuais interferências com quaisquer tipos de instalações já projetadas, tais como instalação elétrica, canalizações de água, esgoto, etc.
PMOC (Plano de Manutenção Operação e Controle de Ar Condicionado:
Afirmar conformidades dos elementos e sistemas construtivos, relativas a importantes exigências técnicas legais, determinadas pelas Normas Técnicas da NBR / ABNT e Legislações Brasileiras pertinentes.
Plano de Inspeção de Ar Condicionado:
Lembrando que as unidades devem estar corretamente niveladas após sua instalação. Analisar se o local externo é isento de poeira ou outras pequenas partes em suspensão que por ventura possam vir a fechar o alertado da unidade condensadora. É indispensável que a unidade evaporadora possua linha hidráulica para drenagem do condensado. Esta linha hidráulica não deve possuir diâmetro inferior a 19,05 mm (3/4 in) e deve regular, logo após a saída, sifão que garanta um perfeito caimento e vedação do ar. Quando da partida inicial este sifão deve está completo com água, para evitar que seja seccionado ar da linha de drenagem.
A drenagem na unidade condensadora somente se faz indispensável quando instalada no alto e causando risco de gotejamento.
PMOC (Plano de Manutenção Operação e Controle de Ar Condicionado
Mais de umas instalações de unidade condensadora requer que sejam observadas distâncias mínimas entre estas e também a proximidades das paredes ao redor, a fim de facilitar uma correta circulação de ar e a fácil aproximação das conexões de interligação e as caixas elétricas das unidades.
PMOC (Plano de Manutenção Operação e Controle de Ar Condicionado
Reformas em unidades acidentalmente podem comprometer a estrutura do prédio e podem gerar transtornos entre vizinhos por causa do barulho, é conveniente que o síndico seja sempre avisando antes do início.
Plano de Inspeção de Ar Condicionado:
Procurar manter a menor distância e o menor desnível entre a evaporadora e a condensadora. O comprimento máximo semelhante inclui curvas e restrições.
O valor a ser considerado para o comprimento máximo semelhante já inclui o valor do desnível entre as unidades.
PMOC (Plano de Manutenção Operação e Controle de Ar Condicionado
Confirme que o acréscimo de força é compatível com as características elétricas da unidade. Assegure-se que os compressores podem se movimentar espontaneamente sobre os isoladores de vibração da unidade condensadora.
Assegure-se que todas as válvulas de serviço estão corretas na posição de operação.
Assegure-se que a área em torno da unidade condensadora está livre de qualquer obstrução na entrada ou saída do ar.
Confirme que aconteça uma perfeita drenagem e que não venha acontecer nenhum entupimento na mangueira de dreno nas unidades.

PMOC – Plano de Manutenção Operação e Controle de Ar Condicionado: Consulte-nos.

 

Plano de manutenção de ar Condicionado, como fazer o PMOC, o que é PMOC, Praque serve laudo de ar Condicionado, Laudo de Ar Condicionado, Como fazer o Laudo de ar condicionado, O que é Laudo de Análise do ar

Atualize seu conhecimento!

Os Melhores Cursos e Treinamentos