Segurança na Manutenção Preventiva nas Subestações

Manutenção Preventiva nas Subestações

Nome Técnico: Segurança na Operação e Manutenção de Subestações

Cód: 2235

Manutenção Preventiva nas Subestações
O objetivo da Manutenção Preventiva nas Subestações é a inspeção de equipamentos em cabine primária, proporcionando as devidas intervenções corretivas e solucionando os eventuais defeitos recorrentes.

O que é Subestação?
Subestação é toda instalação elétrica de alta potência, contendo equipamentos para transmissão e distribuição de energia elétrica, também são soluções que compõem o sistema de proteção, controle, transmissão e distribuição de energia de alta potência da fonte geradora à consumidora, além disso, a subestação transforma a tensão, agindo como pontos de entrega para a demanda.

Manutenção Preventiva nas Subestações
Visita a contratante

Cabine Primária:
01 – Disjuntor;
01 – Jogo de Cabos;
03 – Para raio.
Disjuntor Geral:
Ajustes e Lubrificação do Conjunto de Acionamento Eletro – Mecânico;
Desmontagem Parcial do Mecanismo e Polo;
Limpeza Geral dos Componentes Elétricos, Mecânicos;
Operacionais;
Resistência Ôhmica de Contatos;
Resistência Ôhmica de Isolação;
Verificação da Fixação;
Verificação das Buchas, Trincas, e Pontos de Carbonização;
Verificação das Conexões de Entrada, Saída e Aterramento;
Verificação de Fiação, Terminais, Anéis e Pinos Elásticos;
Verificação do Sistema de Abertura de Fechamento;
Verificação do Sistema de Carregamento da Mola;
Verificação do Sistema de Sinalização.
Na Seccionadora:
Inspeção da Fixação e Aterramento;
Inspeção do Conjunto de Acionamento;
Inspeção dos Contatos Fixos e Moveis;
Inspeção dos Fusíveis e Base;
Medição de Resistência Ôhmica de Isolação;
Testes Operacionais.
Nos Transformadores TP’s E TC’s:
Inspeção das Buchas de Baixa e Alta Tensão;
Inspeção de Reaperto Conexões  Interligações;
Medição de Relação de Transformação;
Resistência Ôhmica de Isolação.
No Transformador de Potência:
Coleta de Amostra de Óleo para Análise Físico Química e Cromatográfica;
Inspeção das Conexões de Baixa e Alta Tensão e Aterramento;
Inspeção das Buchas de Baixa e Alta Tensão;
Medição de Relação de Transformação;
Operacionais;
Resistência Ôhmica de Contatos;
Resistência Ôhmica de Isolação;
Rede de Proteção Sepam:
Verificação de Calibração;
Aplicação de Corrente Calibração de Corrente Tempo Ajustado;
Inspeção de Reaperto Conexões Interligações.
Cabos e Muflas
Inspeção de Reaperto Conexões Interligações;
Resistência Ôhmica de Isolação.
Serviços Complementares:
Limpeza Geral da Cabine;
Limpeza Geral dos Equipamentos;
Limpeza dos QGBT Reaperto de Todos os Disjuntores e Chaves;
Reaperto de Todas as Conexões;
Remoção dos Detritos Proveniente da Execução do Serviço.
Testes de Equipamentos:
Fornecimento de um Detector de Tensão de 50kv;
Fornecimento de um Par de Roupa de Risco 4;
Teste em Sete Pares de Luvas;
Teste em Sete Tapetes de Piso.
Termográfica:
Realizaremos Termográfica em Todas as Setes Cabines Após a Executar da Manutenção e, na Conclusão Será Fornecido um Relatório Técnico do que a Termográfica Encontrou.
Equipe Técnica:
01 Técnico em Disjuntor;
03 Pessoas – Técnicos Especializados.
Tempo Previsto:
Quatro dias efetivamente Trabalhando.
Programação do Trabalho:
O serviço será realizado no período das 07:00 as 18:00 horas, em 1 Sábado ou Domingo a ser Programado e Confirmado com 20 Dias de Antecedência ou a Combinar com o Contratante.
Fornecimento a Cargo da Contratada:
Documentação;
Ferramental, Equipamentos e EPI’s EPC’s;
Mão de Obra Técnica e Auxiliar;
Relatório Técnico Detalhado;
Transporte, Alimentação e Estadia.
Fornecimento a Cargo do Contratante:
Liberação do Acesso da Equipe Técnico aos Locais de Trabalho com Veículo;
Não Programar Atividades Paralelas que Dependam de Energia Elétrica, o Sistema Permanecerá Desligado;
Um (01) Eletricista Para Acompanhamento dos Serviços e Liberação dos Equipamentos Desligados, Testados e Aterrados.
Relatório Técnico:
A Contratada Emitirá Relatório Técnico Detalhado Impresso e Digitalizado Contendo Conclusão, Sugestões e Valores Obtidos nos Ensaios dos Equipamentos em Formulário Padrão em até 20 dias Após a Execução dos Serviços.
Curso de Integração:
A Palestra de Integração das Normas Internas de Segurança do Trabalho e Prevenção de Acidentes Deverá ser Ministrada no Dia da Execução do Serviço Antes de seu Início, Caso Isto Não Seja Possível Será Cobrada uma Taxa de Deslocamento Para a Equipe.
Horas Paradas:
Horas Paradas Fora do Controle da Contratada, de Responsabilidade do Cliente ou de Terceiros, Bem Como Curso de Integração Superiores a 1 Hora Acumulativa por Pessoa Serão Cobrados à Parte.
Documentação:
A Contratada Fornecerá Cópia Simples dos Seguintes Documentos:
Aso; NR 10;
APR (Análise Preliminar de Risco);
Outros Documentos Deverão ser Solicitados Antes da Aprovação do Serviço.
Responsabilidade Civel:
A Responsabilidade Cível da Contratada Limita-se a 5% ( Cinco por Cento) do Valor Pago Pelo Serviço.
Garantia:
A Garantia da Contratada é de 1 Ano a Contar da Data de Execução, e Limitasse a Mão de Obra e Materiais Por Nós Aplicados, Serão Faturados Eventuais Custos de Deslocamento, Alimentação e Estadia.
Obs: Após a Análise Físico Química do Óleo Isolante Ter Sido Realizada Será Feito um Orçamento Complementar, se Necessário, Para a Execução dos Serviços de Manutenção Corretiva Indicados.
Avaliação qualitativa;
Avaliação quantitativa;
Registro fotográfico;
Conclusão do PLH;
Proposta de melhorias corretivas;
Emissão da ART (Anotação de Responsabilidade Técnica).

Referências Normativas aos dispositivos aplicáveis e suas atualizações: 
ABNT NBR 5410 – Instalações elétricas de baixa tensão (revisão);
ABNT NBR 5419 – Proteção contra descargas atmosféricas;
ABNT NBR 14039 – Instalações elétricas de média tensão de 1,0 kV a 36,2 kV;
NR – 10 – Segurança em Instalações e Serviços em Eletricidade;
NR – 06 – Equipamento de Proteção Individual – EPI.

Manutenção Preventiva nas Subestações
Cabe a Contratante:
Cabe a Contratante fornecer os meios, Projetos arquitetônicos em AutoCad ou PDF;

Lista de todos os equipamentos elétricos e eletrônicos contidos na áreas com marca, potência modelo, tipo e temperatura;
Se tiver inflamáveis e/ou combustíveis armazenados com mais 400 litros no total torna-se obrigatório fazer o Prontuário da NR-20.

Manutenção Preventiva nas Subestações
Validade das Inspeções: ANUAL exceto se ocorrer quaisquer das seguintes situações:
a) mudança nos procedimentos, finalidades, condições ou operações de trabalho;
b) evento que indique a necessidade de nova Inspeção;
d) mudança de empresa;
e) troca de máquina ou equipamento.
Será emitido Laudo Técnico por Profissionais Legalmente Habilitados Perito e Engenheiro de Segurança do Trabalho com ART;

Os Equipamentos utilizados possuem Atestado de Aferição vigente e demais equipamentos são analógicos.

Rescue Cursos

Laudos, Perícias Programas, ART's e muito mais!

Reproduzir vídeo

Saiba Mais: Manutenção Preventiva nas Subestações
ABNT NBR 5410 – Instalações elétricas de baixa tensão – Esta Norma estabelece as condições a que devem satisfazer as instalações elétricas de baixa tensão, a fim de garantir a segurança de pessoas e animais, o funcionamento adequado da instalação e a conservação dos bens.
ABNT NBR 5419 – 1 – Proteção contra descargas atmosféricas – Esta Parte da ABNT NBR 5419 estabelece os requisitos para a determinação de proteção contra descargas atmosféricas.
ABNT NBR 5419 – 2 – Proteção contra descargas atmosféricas – Esta Parte da ABNT NBR 5419 estabelece os requisitos para análise de risco em uma estrutura devido às descargas atmosféricas para a terra.
ABNT NBR 5419 – 3 – Proteção contra descargas atmosféricas – Esta Parte da ABNT NBR 5419 estabelece os requisitos para proteção de uma estrutura contra danos físicos por meio de um SPDA – Sistema de Proteção contra Descargas Atmosféricas – e para proteção de seres vivos contra lesões causadas pelas tensões de toque e passo nas vizinhanças de um SPDA.
ABNT NBR 5419 – 4 – Proteção contra descargas atmosféricas – Esta Parte da ABNT NBR 5419 fornece informações para o projeto, instalação, inspeção, manutenção e ensaio de sistemas de proteção elétricos e eletrônicos (Medidas de Proteção contra Surtos ─ MPS) para reduzir o risco de danos permanentes internos à estrutura devido aos impulsos eletromagnéticos de descargas atmosféricas (LEMP).
ABNT NBR 14039 – Instalações elétricas de média tensão de 1,0 kV a 36,2 kV – Esta Norma estabelece um sistema para o projeto e execução de instalações elétricas de média tensão, com tensão nominal de 1,0 kV a 36,2 kV, à freqüência industrial, de modo a garantir segurança e continuidade de serviço.
NR 10 – Segurança em Instalações e Serviços em Eletricidade
10.1 – OBJETIVO E CAMPO DE APLICAÇÃO
10.1.1 Esta Norma Regulamentadora – NR estabelece os requisitos e condições mínimas objetivando a implementação de medidas de controle e sistemas preventivos, de forma a garantir a segurança e a saúde dos trabalhadores que, direta ou indiretamente, interajam em instalações elétricas e serviços com eletricidade.
10.1.2 Esta NR se aplica às fases de geração, transmissão, distribuição e consumo, incluindo as etapas de projeto, construção, montagem, operação, manutenção das instalações elétricas e quaisquer trabalhos realizados nas suas proximidades, observando-se as normas técnicas oficiais estabelecidas pelos órgãos competentes e, na ausência ou
omissão destas, as normas internacionais cabíveis.
10.2 – MEDIDAS DE CONTROLE
10.2.1 Em todas as intervenções em instalações elétricas devem ser adotadas medidas preventivas de controle do risco elétrico e de outros riscos adicionais, mediante técnicas de análise de risco, de forma a garantir a segurança e a saúde no trabalho.
10.2.2 As medidas de controle adotadas devem integrar-se às demais iniciativas da empresa, no âmbito da preservação da segurança, da saúde e do meio ambiente do trabalho.
10.2.3 As empresas estão obrigadas a manter esquemas unifilares atualizados das instalações elétricas dos seus estabelecimentos com as especificações do sistema de aterramento e demais equipamentos e dispositivos de proteção.

Manutenção Preventiva nas Subestações/Inspeção Preventiva nas Subestações: Consulte-nos.

Manutenção Preventiva nas Subestações, Inspeção Preventiva nas Subestações, Manutenção, Preventiva, Subestações, O Que É O Manutenção Preventiva nas Subestações, Laudo Manutenção nas Subestações, Pra Que Serve O Manutenção Preventiva nas Subestações, Aonde Fazer O Manutenção Preventiva nas Subestações, Como Fazer O Manutenção Preventiva nas Subestações, Porque Fazer O Manutenção Preventiva nas Subestações, Quando Fazer O Manutenção Preventiva nas Subestações, Quanto Custa O Manutenção Preventiva nas Subestações, Manutenção Preventiva nas Subestações, NR, relatório NR Manutenção Preventiva nas Subestações, Parecer NR Manutenção Preventiva nas Subestações, ART de Manutenção Preventiva nas Subestações, Elaboração Manutenção Preventiva nas Subestações, Inspeção Manutenção Preventiva nas Subestações, Inspeção técnica Manutenção Preventiva nas Subestações, parecer técnico Manutenção Preventiva nas Subestações, relatório técnico Manutenção Preventiva nas Subestações, visita técnica Manutenção Preventiva nas Subestações, como fazer Manutenção Preventiva nas Subestações, como fazer relatório Manutenção Preventiva nas Subestações, de ruído pdf tal Manutenção Preventiva nas Subestações, ministério do trabalho Manutenção Preventiva nas Subestações, assessoria técnica Manutenção Preventiva nas Subestações, o que é Manutenção Preventiva nas Subestações, o que é relatório Manutenção Preventiva nas Subestações, o que é elaboração Manutenção Preventiva nas Subestações, onde fazer Manutenção Preventiva nas Subestações, onde fazer relatório Manutenção Preventiva nas Subestações, onde fazer elaboração Manutenção Preventiva nas Subestações, pra que serve o Manutenção Preventiva nas Subestações, pra que serve fazer relatório Manutenção Preventiva nas Subestações, pra que serve fazer elaboração Manutenção Preventiva nas Subestações, como fazer Manutenção Preventiva nas Subestações, como fazer relatório Manutenção Preventiva nas Subestações, como fazer elaboração Manutenção Preventiva nas Subestações, validade do Manutenção Preventiva nas Subestações, validade do relatório Manutenção Preventiva nas Subestações, validade da visita Manutenção Preventiva nas Subestações, renovação do Manutenção Preventiva nas Subestações, reciclagem online Manutenção Preventiva nas Subestações, reciclagem ead Manutenção Preventiva nas Subestações, reciclagem semipresencial Manutenção Preventiva nas Subestações, reciclagem presencial Manutenção Preventiva nas Subestações, porque fazer o Manutenção Preventiva nas Subestações, porque fazer o relatório Manutenção Preventiva nas Subestações, porque fazer a elaboração Manutenção Preventiva nas Subestações, quando fazer o Manutenção Preventiva nas Subestações, quando fazer o relatório Manutenção Preventiva nas Subestações, quando fazer a elaboração Manutenção Preventiva nas Subestações, quanto fica para fazer o Manutenção Preventiva nas Subestações, quanto fica para fazer o relatório Manutenção Preventiva nas Subestações, quanto fica para fazer a elaboração Manutenção Preventiva nas Subestações,

Atualize seu conhecimento!

Os Melhores Cursos e Treinamentos