Laudo Elevador de Cargas

Laudo Elevador de Cargas

Nome Técnico: Elaboração Laudo de Inspeção Técnica e Conformidade de Elevador de Cargas

Referência: 15674

Laudo Elevador de Cargas
O Laudo Elevador de Cargas é feito por PLH (Profissional Legalmente Habilitado) e tem como objetivo a inspeção dos elevadores de carga de forma a coletar as informações necessárias para a correta e eficiente operação do equipamento, essas informações também servem para aumentar a vida útil do elevador e proporciona uma maior segurança durante sua utilização.

O que é Elevador de Carga?
Elevador de carga é o equipamento responsável pelo transporte de cargas ou matérias primas, muito usados em fábricas e armazéns, os elevadores de carga desempenham uma função muito importante em obras e indústrias.

Escopo do Serviço

Laudo Elevador de Cargas

Avaliação características técnicas: Capacidade, Dimensões, Motores e Condições de Operação;
Análise dos itens para montagens;
Análises dos itens de segurança e automação;
Verificação dos Métodos de instalações;
Teste das Células de Cargas;
Teste de freio inicial / periódico;
Acionamento do teste de segurança;
Verificação e procedimentos em caso de Falta de energia;
Avaliação Operações do Equipamento;
Verificação da Conservação e manutenções;
Verificação do Plano de manutenção;
Verificação Esquemas elétricos: diagrama elétrico de força, tensão de comando, células de carga e simbologia;
Avaliação qualitativa;
Avaliação quantitativa;
Registro fotográfico;
Conclusão do PLH;
Proposta de melhorias corretivas;
Emissão da ART (Anotação de Responsabilidade Técnica).

No sistema de funcionamento do elevador de carga a validação das funções de segurança deve ser realizada em todos os modos de operação e deve abranger todas as condições normais e previsíveis anormal. Combinações de e sequências de operação também deve ser levado em consideração. Este procedimento é importante porque é sempre necessário verificar se o sistema é adequado para as reais características operacionais. Algumas dessas características podem ser diferentes dos previstos na fase de projeto.

Referências Normativas aos dispositivos aplicáveis e suas atualizações:
NR – 06 – Equipamento de Proteção Individual – EPI;
NR – 11 – Transporte, Movimentação, Armazenagem e Manuseio de Materiais;
NR – 12 – Segurança no Trabalho em Máquinas e Equipamentos;
NR – 17 – Ergonomia;
NR – 18 – Condições e Meio Ambiente de Trabalho na Indústria da Construção;
ABNT NBR 14712 – Elevadores elétricos e hidráulicos — Elevadores de carga, monta-cargas e elevadores de maca — Requisitos de segurança para construção e instalação.

Laudo Elevador de Cargas

Cabe a Contratante quando for o caso:
Fornecer os meios, Projetos arquitetônicos em AutoCad ou PDF;
Lista de todos os equipamentos elétricos e eletrônicos contidos na áreas com marca, potência modelo, tipo e temperatura;
Se tiver inflamáveis e/ou combustíveis armazenados com mais 400 litros no total torna-se obrigatório fazer o Prontuário da NR-20.

Laudo Elevador de Cargas

Laudo Elevador de Cargas

Validade das Inspeções: ANUAL exceto se ocorrer quaisquer das seguintes situações:
a) mudança nos procedimentos, finalidades, condições ou operações de trabalho;
b) evento que indique a necessidade de nova Inspeção;
d) mudança de empresa;
e) troca de máquina ou equipamento.
Será emitido Laudo Técnico por Profissionais Legalmente Habilitados Perito e Engenheiro de Segurança do Trabalho com ART;

Os Equipamentos utilizados possuem Atestado de Aferição vigente e demais equipamentos são analógicos.

Causas do Acidente Trabalho:
Falta de cuidados do empregado;
Falta de alerta do empregador;
Mesmo efetuando todos os Treinamentos e Laudos obrigatórios de Segurança e Saúde do Trabalho em caso de acidente de trabalho o empregador estará sujeito a Processos tipo:
1- Inquérito Policial – Polícia Civil;
2- Perícia através Instituto Criminalista;
3- Procedimento de Apuração junto Delegacia Regional do Trabalho;
4- Inquérito Civil Público perante o Ministério Público do trabalho para verificação se os demais trabalhadores não estão correndo perigo;
5- O INSS questionará a causa do acidente que poderia ser evitado e se negar a efetuar o pagamento do benefício ao empregado;
6- Familiares poderão ingressar com Processo na Justiça do Trabalho pleiteando danos Morais, Materiais, Luxação, etc.;
7- Tsunami Processuais obrigando o Empregador a gerar Estratégia de Defesas mesmo estando certo;
8- Apesar da Lei da Delegação Trabalhista não prever que se aplica a culpa em cooper vigilando mas apenas a responsabilidade de entregar o equipamento de treinamento (responsável em vigiar e na tem que realmente vigiar;
9- Não prever que se aplica a culpa em cooper vigilando ao Empregador mas apenas a responsabilidade de entregar o equipamento de treinar vale frisar que o Empregador também fica responsável em vigiar);
10- Quando ocorre um acidente além de destruir todo o “bom humor” das relações entre os empregados ou também o gravíssimo problema de se defender de uma série de procedimento ao mesmo tempo, então vale a pena investir nesta prevenção.
Salientamos que o empregado não pode exercer atividades expostos a riscos que possam comprometer sua segurança e saúde.
Sendo assim podem responder nas esferas criminal e civil, aqueles expõem os trabalhadores a tais riscos.

Laudo Elevador de Cargas

Rescue Cursos

Laudos, Perícias Programas, ART's e muito mais!

Reproduzir vídeo

Saiba Mais: Laudo Elevador de Cargas:

Elevadores de Carga
Os elevadores de carga podem ser de grande ou pequena dimensão. Os de grande dimensão possuem o diferencial de que, para o manejo da carga dentro da cabine, é necessária a entrada de pessoas e máquinas o que gera a necessidade de um maior nível de segurança do sistema. No entanto para pequenos elevadores, que é o objeto de deste estudo, não se faz necessário esse tipo de segurança, conforme descrito na norma ABNT NBR 14712.

MONTA-CARGAS
Trata-se de um equipamento de elevação de carga de pequenas dimensões com limite máximo de 300 kg de carga útil. Estes equipamentos são utilizados em vários tipos de edifícios, entre eles, hospitais, para carregar instrumentos cirúrgicos entre a sala de limpeza e a sala de cirurgia, em hotéis, para levar as malas dos hóspedes ou as refeições feitas pelo restaurante para o serviço de quarto, os restaurantes de mais de um andar também se utilizam desse equipamento para transportar louça suja entre seus andares.

CARRO
O carro consiste do conjunto cabine-gaiola e dos equipamentos de segurança. Ele se desloca tracionado por cabos de aço, preso a guias que impedem o deslocamento horizontal, evitando assim que a viagem seja turbulenta e que haja impacto com as paredes e/ou o contrapeso.

Cabine
A cabine é a parte da estrutura onde a carga é colocada para o transporte, o acesso a ela se da através de uma porta, a norma limita o espaço entre a soleira da cabine e a soleira da parede. Trata-se basicamente de uma caixa formada por um paralelepípedo de vigas e chapas, sendo que há limitação em uma flecha máxima da parede em no máximo 10 mm para 10% da carga aplicada em uma área de qualquer formato ou posição de 25 cm², essa conta representa o caso da carga tombar sobre a parede não podendo interferir nos equipamentos de segurança ou nas guias.

Gaiola
Funciona como o suporte da cabine e dos mecanismos presos a ela como: limitador de velocidade, rodas ou encaixe das guias, freio de segurança, além dos próprios cabos de elevação que são presos a parte superior da gaiola. A gaiola sofre os mesmos esforços da cabine acrescidos do peso da própria cabine e dos mecanismos. A título de cálculo, será considerado que o peso dos mecanismos é muito menor do que o peso da cabine, por isso não entrarão nos cálculos de dimensionamento.

Laudo Elevador de Cargas: Consulte-nos.

Laudo Elevador de Cargas

Atualize seu conhecimento!

Os Melhores Cursos e Treinamentos