Laudo de Vibração Ambiental -
Foto Ilustrrativa

Laudo de Vibração Ambiental

Nome Técnico: Elaboração do Laudo de Inspeção Técnica e Conformidade de Vibração Ambiental

Referência: 14804

Laudo de Vibração Ambiental
O Laudo de Inspeção Técnica e Conformidade de Vibração Ambiental tem por intuito verificar as inconformidades do ambiente avaliado com as Normas Regulamentadoras Aplicáveis à vibração Ambiental, uma vez que esta possui um limite aceitável de emissão para garantir a saúde e bem-estar de todos os envolvidos nos processos realizados no ambiente avaliado.

O que é Vibração Ambiental?
Vibrações mecânicas advindas de qualquer fonte emissora presente no ambiente. O Laudo aborda a probabilidade de danos à saúde, ao bem-estar e as estruturas das edificações, causadas pela energia vibratória. Comumente são induzidas pelo tráfego rodoviário, trens, metros e alguns equipamentos estáticos.

Escopo do Serviço

Laudo de Vibração Ambiental

Medição dos níveis de vibração;
Checagem dos itens de segurança;
Proteção auditiva;
Avaliação qualitativa;
Avaliação quantitativa;
Limites ambientais para vibração;
Avaliação preliminar da exposição;
Tempo máximo de exposição;
Normas de Higiene Ocupacional da FUNDACENTRO;
Máquinas e Equipamentos presentes no ambiente avaliado;
Identificação das Fontes emissoras de vibração;
Adequação às recomendações do fabricante;
Documentação referente aos níveis de vibração;
Conformidade com os Níveis de vibração aceitáveis;
Histórico de laudos de conformidade;
Validade das vistorias, laudos, prontuários;
Procedimentos Ocupacionais executados no ambiente;
Quantificação dos danos causados;
Registro dos certificados de calibração;
Quantificação da incomodidade gerada;
Fundamentos Normativos;
Normas NIOSH  e ACEGIH
Registro fotográfico;
Registro de Evidências;
Conclusão do PLH;
Proposta de melhorias corretivas;
Emissão da ART (Anotação de Responsabilidade Técnica);
Nota: Este Laudo atende exclusivamente as exigências do Ministério do Trabalho (MTE).

Aparelho utilizado para medição:
As medições são feitas em três direções transversais, longitudinais/radiais e verticais, utilizando um sensor Triaxial.

Medidor de Vibração – Acelerômetro Mecanicals Analógico com Sensor de Mercúrio (Mede por Dissipação e Aceleração), possui o Certificado de Calibração.
Dosimetro Metrosonichs  307 DB

Metodologia Utilizada:  NR-15,  Normas NIOSH  e ACEGIH.

Laudo de Vibração Ambiental: relatório técnico que deve atender exigências técnicas nacionais e internacionais, além de orientações de Órgãos Municipais e Estaduais que exigem no licenciamento o estudo de impacto ambiental e na vizinhança. No Brasil somente a CETESB (Companhia Ambiental do Estado de São Paulo), possui um orientação para implementação dessas questões;
Profissional envolvido no Laudo de Vibração Ambiental : o laudo deverá ser elaborado por profissional qualificado com graduação em engenharia mecânica, ou qualificado com especialização em acústica e vibrações, em metrologia, saúde, segurança do trabalho e meio ambiente. Além de ser credenciado e habilitado a expedir o laudo;

Referencias Normativas aos dispositivos aplicáveis e suas atualizações:
NR-15 – Atividades Insalubres;
ABNT ISO/TR 25398 – Máquinas rodoviárias – Diretrizes para avaliação da exposição à vibração transmitida ao corpo humano por máquinas que transportam o operador – Utilização de dados harmonizados medidos por institutos internacionais, organizações e fabricantes;
ABNT NBR 10082 – Ensaio não destrutivo — Análise de vibrações — Avaliação da vibração mecânica de máquinas com velocidades de operação de 600 rpm a 15 000 rpm;
ABNT NBR 10272 – Ensaios não destrutivos — Análise de vibrações — Medição e avaliação da severidade das vibrações mecânicas de máquinas elétricas rotativas;
ABNT NBR 10273 – Ensaios não destrutivos — Análise de vibrações — Requisitos para instrumentos de medição de severidade de vibração de máquinas;
ABNT NBR 13515 – Cabos ópticos — Vibração — Método de ensaio;
ABNT NBR 13990 – Cabo óptico subterrâneo – Determinação do desempenho, quando submetido à vibração – Método de ensaio;
ABNT NBR 14408 – Conjunto de emenda para cabos ópticos aéreo e subterrâneo — Vibração — Método de ensaio;
ABNT NBR 14408 – Conjunto de emenda para cabos ópticos aéreo e subterrâneo — Vibração — Método de ensaio;
ABNT NBR 15307 – Ensaios não destrutivos – Provas de cargas dinâmicas em grandes estruturas – Procedimento;
ABNT NBR 15558 – Concreto – Determinação da exsudação;
ABNT NBR 16157 – Conectores montados em mídias ópticas e adaptadores — Determinação da vibração — Método de ensaio;
ABNT NBR 9461 – Embalagem e acondicionamento — Determinação do desempenho em vibração vertical;
ABNT NBR IEC 60034-14 – Máquinas elétricas girantes;
ABNT NBR ISO 13753 – Vibrações mecânicas e choque – Vibração no sistema mão-braço – Método para medição da transmissibilidade da vibração em materiais resilientes sob preensão pelo sistema mão-braço;
ABNT NBR ISO 15242-1 – Mancais de rolamentos – Métodos de medição da vibração;
ABNT NBR ISO 15242-2 – Mancais de rolamentos – Métodos de medição da vibração;
ABNT NBR ISO 15242-3 – Mancais de rolamentos – Métodos de medição da vibração;
ABNT NBR ISO 15242-4 – Mancais de rolamentos – Métodos de medição da vibração;
ABNT NBR ISO 22867 – Máquinas florestais e de jardinagem – Código de ensaio de vibração para máquinas manuais portáteis com motor de combustão interna – Vibração nas empunhaduras;
ABNT NBR ISO 4548-7 – Métodos de ensaio para filtros de óleo lubrificante de fluxo total para motores de combustão interna;
ABNT NBR ISO 5007 – Tratores agrícolas de rodas – Assento do operador – Medição em laboratório da vibração transmitida;
ABNT NBR ISO 5008 – Tratores agrícolas de rodas e máquinas de campo – Medição da vibração transmitida ao corpo inteiro do operador;
ABNT NBR ISO 7096 – Máquinas rodoviárias – Avaliação em laboratório da vibração transmitida pelo assento do operador;
ABNT NBR ISO 8528-9 – Grupos geradores de corrente alternada acionados por motores alternativos de combustão interna;
ISO 45001 – Sistemas de gestão de saúde e segurança ocupacional – Requisitos com orientação para uso.

Laudo de Vibração Ambiental

Laudo de Vibração Ambiental

Validade das Inspeções: ANUAL exceto se ocorrer quaisquer das seguintes situações:
a) mudança nos procedimentos, finalidades, condições ou operações de trabalho;
b) evento que indique a necessidade de nova Inspeção;
d) mudança de empresa;
e) troca de máquina ou equipamento.
Será emitido Laudo Técnico por Profissionais Legalmente Habilitados Perito e Engenheiro de Segurança do Trabalho com ART;
Os Equipamentos utilizados possuem Atestado de Aferição vigente e demais equipamentos são analógicos.

Causas do Acidente Trabalho:
Falta de cuidados do empregado;
Falta de alerta do empregador;
Mesmo efetuando todos os Treinamentos e Laudos obrigatórios de Segurança e Saúde do Trabalho em caso de acidente de trabalho o empregador estará sujeito a Processos tipo:
1- Inquérito Policial – Polícia Civil;
2- Perícia através Instituto Criminalista;
3- Procedimento de Apuração junto Delegacia Regional do Trabalho;
4- Inquérito Civil Público perante o Ministério Público do trabalho para verificação se os demais trabalhadores não estão correndo perigo;
5- O INSS questionará a causa do acidente que poderia ser evitado e se negar a efetuar o pagamento do benefício ao empregado;
6- Familiares poderão ingressar com Processo na Justiça do Trabalho pleiteando danos Morais, Materiais, Luxação, etc.;
7- Tsunami Processuais obrigando o Empregador a gerar Estratégia de Defesas mesmo estando certo;
8- Apesar da Lei da Delegação Trabalhista não prever que se aplica a “culpa en vigilando”, mas, apenas a responsabilidade de entregar o equipamento de treinamento.;
9- Não prever que se aplica a culpa em “culpa en vigilando” ao Empregador mas apenas a responsabilidade de entregar o equipamento de treinar, vale frisar que o Empregador também fica responsável em vigiar;
10- Quando ocorre um acidente além de destruir todo o “bom humor” das relações entre os empregados ou também o gravíssimo problema de se defender de uma série de procedimento ao mesmo tempo, então vale a pena investir nesta prevenção.
Salientamos que o empregado não pode exercer atividades expostos a riscos que possam comprometer sua segurança e saúde.
Sendo assim podem responder nas esferas criminal e civil, aqueles expõem os trabalhadores a tais riscos.

Rescue Cursos

Laudos, Perícias Programas, ART's e muito mais!

Reproduzir vídeo

Saiba Mais: Laudo de Vibração Ambiental:

NR-15 – Atividades e Operações Insalubres
Anexo 8
Vibrações
1. Objetivos
1.1 Estabelecer critérios para caracterização da condição de trabalho insalubre decorrente da exposição às Vibrações
de Mãos e Braços (VMB) e Vibrações de Corpo Inteiro (VCI);
1.2 Os procedimentos técnicos para a avaliação quantitativa das VCI e VMB são os estabelecidos nas Normas de
Higiene Ocupacional da FUNDACENTRO;
2. Caracterização e classificação da insalubridade.
2.1 Caracteriza-se a condição insalubre caso seja superado o limite de exposição ocupacional diária a VMB
correspondente a um valor de aceleração resultante de exposição normalizada (aren) de 5 m/s2;
2.2 Caracteriza-se a condição insalubre caso sejam superados quaisquer dos limites de exposição ocupacional diária
a VCI:
a) valor da aceleração resultante de exposição normalizada (aren) de 1,1 m/s2;
b) valor da dose de vibração resultante (VDVR) de 21,0 m/s1,75;
2.2.1 Para fins de caracterização da condição insalubre, o empregador deve comprovar a avaliação dos dois
parâmetros acima descritos;
2.3 As situações de exposição a VMB e VCI superiores aos limites de exposição ocupacional são caracterizadas
como insalubres em grau médio;
2.4 A avaliação quantitativa deve ser representativa da exposição, abrangendo aspectos organizacionais e ambientais
que envolvam o trabalhador no exercício de suas funções;
2.5 A caracterização da exposição deve ser objeto de laudo técnico que contemple, no mínimo, os seguintes itens:
a) Objetivo e datas em que foram desenvolvidos os procedimentos;
b) Descrição e resultado da avaliação preliminar da exposição, realizada de acordo com o item 3 do Anexo 1 da
NR-9 do MTE;
c) Metodologia e critérios empregados, inclusas a caracterização da exposição e representatividade da amostragem;
d) Instrumentais utilizados, bem como o registro dos certificados de calibração;
e) Dados obtidos e respectiva interpretação;
f) Circunstâncias específicas que envolveram a avaliação;
g) Descrição das medidas preventivas e corretivas eventualmente existentes e indicação das necessárias, bem como
a comprovação de sua eficácia;
h) Conclusão;

Laudo de Vibração Ambiental: Consulte-nos!

Laudo de Vibração Ambiental

Atualize seu conhecimento!

Os Melhores Cursos e Treinamentos