Curso Transporte Rodoviário Produtos Perigosos NBR 14064

O Curso de Transporte Rodoviário de Produtos Perigosos NBR 14064 prático e teórico tem como objetivo capacitar o participante com ações de respostas ás emergências contidas nessa norma, não limitando ou excluindo a adoção de procedimentos e diretrizes mais rigorosos, tendo como foco principal os aspectos da preparação, resposta e mitigação dos acidentes.

Curso Transportes Rodoviários Produtos Perigosos

Conteúdo programático
Termos e definições;
Requisitos;
Atribuições e procedimentos;
Padrão de resposta emergencial;
Primeiro no local;
Procedimentos gerais;
Aproximação segura;
Primeiro no local – Identificação dos produtos;
Primeiro no Local – Sinalização e isolamento;
Sinalização;
Isolamento;
Curso Transporte Rodoviário Produtos Perigosos NBR 14064
Primeiro no local – Avaliação preliminar e acionamento;
Avaliação preliminar do cenário acidental;
Fontes de ignição;
Acionamento dos órgãos de intervenção e apoio;
Sistema de comando em operações(SCO);
Procedimento gerais;
Documentos relacionados em ação de resposta;
Comandante de operações;
Estrutura de comando das operações – Atribuições e funções delegadas;
Curso Transporte Rodoviário Produtos Perigosos NBR 14064
Avaliação preliminar do cenário acidental pelo comando de operações;
Avaliação de riscos e perigos com base no monitoramento ambiental;
Sinalização e isolamento de área pelo SCO;
Treinamento Transporte Rodoviário Produtos Perigosos NBR 14064
Controle de trafego pelo SCO;
Zona de trabalho (zona quente, zona morna, zona fria e zona de exclusão);
Estabelecimento de zonas de trabalho pela SCO;
Preparando o local para zonas de trabalho;
Zona quente;
Zona morna;
Zona fria;
Zona de exclusão;
Posto de comando;
Bases de apoio;
Remoção de pessoas em situações de risco;
Ações de remoção ou evacuação de pessoas;
Remoção de nível primário;
Remoção de nível intermediário;
Remoção em grande escala;
Interrupção de serviços;
Serviços essenciais a população;
Curso Transporte Rodoviário Produtos Perigosos NBR 14064
Uso diversos dos corpos d’água impactadas pelo acidente;
Serviços de distribuição de energia elétrica, gás e combustível;
Treinamento Transporte Rodoviário Produtos Perigosos NBR 14064
Planejamento de respostas;
Ações ofensivas e defensivas;
Seleção e uso de equipamentos de detecção portáteis de leitura direta;
Seleção e uso de equipamentos de proteção individual;
Seleção e uso de proteção cutânea – Roupas de proteção química;
Seleção e uso dos equipamentos de proteção respiratória;
Considerações sobre o uso de respiradores;
Sistema de comunicação;
Comunicação interna;
Comunicação externa;
Treinamento Transporte Rodoviário Produtos Perigosos NBR 14064
Sistema de comunicação em áreas de risco – Rádios intrinsecamente;
Seguros (IS);
Descontaminação;
Curso Transporte Rodoviário Produtos Perigosos NBR 14064
Objetivos do processo de descontaminação;
Formas de contaminação;
Definição do responsável pelo processo de descontaminação;
Instalação do corredor de redução de contaminação (CRC);
Planejamento da descontaminação;
Prevenção no planejamento da descontaminação;
Proteção para as equipes de descontaminação;
Procedimentos para descontaminação;
Recursos empregados no CRC;
Treinamento Transporte Rodoviário Produtos Perigosos NBR 14064
Estabelecimento de uma sequência lógica de descontaminação;
Definindo os objetivos da resposta emergencial;
Primeira entrada – Ação de reconhecimento;
Autorização de entrada na zona quente;
Avaliação médica antes da primeira entrada;
Planejamento estratégico e das ações táticas;
Curso Transporte Rodoviário Produtos Perigosos NBR 14064
Implementação de ações de respostas;
Métodos de mitigação;
Métodos físico;
Métodos químicos;
Métodos químicos e físicos;
Medidas de contenção e controle;
Técnicas de contenção e controle;
Absorção;
Técnicas de dissolução;
Técnicas de construção de diques;
Técnicas de construção de barragens;
Barreiras físicas e moveis de contenção;
Barreiras fixas de contenção;
Técnicas de retenção;
Estanqueidade;
Embalagens de resgate;
Aspiração – Operação de recolhimento de produto ou resíduo com caminhão tipo vácuo;
Neutralização;
Técnicas de abafamento;
Técnicas de ventilação;
Técnicas de queima controlada;
Operação de queima acompanhada;
Operação de transbordo de carga;
Curso Transporte Rodoviário Produtos Perigosos NBR 14064
Operação de destombamento, arraste ou içamento de cargas e veículos;
Gerenciamento de resíduos;
Avaliação das ações de respostas;
Restabelecimento da segurança;
Encerramento das respostas emergenciais;
Procedimentos dos envolvidos no atendimento a emergência no transporte rodoviário de produtos perigosos;
Procedimentos do condutor do veículo;
Procedimentos do primeiro local (respondedor);
Procedimentos da policia rodoviária dos agentes de trânsitos;
Procedimentos das administradoras de rodovias;
Procedimentos do corpo de bombeiro;
Procedimentos do comandante de operações;
Procedimentos do supervisor de segurança operacional;
Treinamento Transporte Rodoviário Produtos Perigosos NBR 14064
Procedimentos de supervisor de segurança do perímetro de isolamento;
Procedimentos do supervisor de logística;
Curso Transporte Rodoviário Produtos Perigosos NBR 14064
Procedimentos do supervisor de serviços médicos e de saúde;
Procedimentos do supervisor de comunicação;
Procedimentos dos órgãos de fiscalização e controle ambiental (federal, estadual e municipal);
Procedimentos dos órgãos de saúde e vigilância sanitária (federal, estadual e municipal);
Procedimentos do transportador rodoviário;
Procedimento do expedidor ou destinatário da carga;
Procedimentos do fabricante/importador de carga;
Procedimentos das empresas de atendimento a emergência(EAE);
Procedimentos dos órgãos de defesa civil (federal, estadual, distrital e municipal);
Procedimentos das reguladoras de sinistro;
Seleção e uso de equipamentos de proteção individual (EPI);
Proteção cutânea – Roupas de proteção química – Características;
Curso Transporte Rodoviário Produtos Perigosos NBR 14064
Nível A de proteção;
Descrição;
Quando usar;
Limitações;
Manutenção, armazenagem e limpeza;
Tempo de uso;
Reutilização da roupa;
Instruções de uso;
Penetração, degradação e permeação;
Nível B de proteção – Nível médio de proteção;
Descrição;
Quando usar;
Limitações;
Tempo de uso;
Armazenamento;
Reutilização da roupa;
Instruções de uso;
Curso Transporte Rodoviário Produtos Perigosos NBR 14064
Nível C de proteção – Nível médio de proteção;
Descrição;
Quando usar;
Limitações;
Manutenção, armazenagem e limpeza;
Tempo de uso;
Reutilização da roupa;
Instruções de uso;
Nível D de proteção – Nível baixo de proteção;
Descrição;
Quando usar;
Limitações;
Curso Transporte Rodoviário Produtos Perigosos NBR 14064
Tempo de uso, armazenamento e instruções de uso;
Luvas de proteção química;
Botas de proteção química;
Outros equipamentos de proteção individual;
Roupas de proteção térmica;
Capacetes, capuzes, óculos de segurança e protetores faciais;
Formulário de avaliação de desempenho;
Curso Transporte Rodoviário Produtos Perigosos NBR 14064

Referências Normativas: Treinamento Transporte Rodoviário Produtos Perigosos NBR 14064
ABNT NBR 7500, Identificação para os transportes terrestres, manuseio movimentação e armazenamento de produtos.
ABNT NBR 7501 Transportes terrestres de produtos perigosos – Terminologia
ABNT NBR 9735, Conjunto de Equipamentos para emergência no transporte terrestre de produtos perigosos.
ABNT NBR 12543, Equipamentos de proteção respiratória – Terminologia.
ABNT NBR 13716, Equipamentos de proteção respiratória – Mascara autônoma de ar comprimido com circuito aberto.
ABNT NBR 14725, Produtos químicos, Informações sobre segurança, saúde e meio ambiente
Parte 4: Ficha de informações de segurança de produtos químicos (FISPQ).
ABNT NBR 17505-5, Armazenamento de líquido inflamáveis e combustíveis – Parte 5: Operações.

Nome Técnico: Treinamento Noções Básicas de Transporte Rodoviário de Produtos Perigosos NBR 14064

Carga Horária:  Curso Transporte Rodoviário Produtos Perigosos NBR 14064
Participantes sem experiência – Carga horária mínima = 40 horas/aula
Participantes com experiência – Carga horária mínima = 16 horas/aula
Atualização (Reciclagem) Carga horária mínima = 08 horas/aula

CERTIFICAÇÃO: Será expedido o Certificado para cada participante que atingir o aproveitamento mínimo de 70% (teórico e prático) conforme preconiza as Normas Regulamentadoras.

Atualização (Reciclagem): É recomendável anualmente ou se ocorrer evento que indique a necessidade de atualização.

Treinamento Transporte Rodoviário Produtos Perigosos NBR 14064

Saiba Mais sobre Curso Transporte Rodoviário Produtos Perigosos NBR 14064
As diretrizes contidas nesta Norma se aplicam as instituições públicas e privadas que corresponde às emergências envolvendo o TRPP, o plano devem ser revisados no máximo a cada dois anos, devendo ser melhorado com as experiências adquiridas em exercícios simulados, no enfrentamento de situações reais, reuniões pós-emergência, aporte de inovações tecnológicas, caso haja, bem como a vivencia de seus executores.
Curso Transporte Rodoviário Produtos Perigosos NBR 14064
Sinalização
A sinalização mal planejada pode agravar a situação da cena acidental, pois pode transmitir informações confusas ou contraditórias, expondo usuários da via e a população do entorno a riscos desnecessários. Essa situação pode ser agravada pela implantação de sinalização em distâncias incorretas ou mesmo pela escolha e implantação de dispositivos de canalização e controle inadequados ou em número insuficiente em relação à extensão e à gravidade do acidente.
Treinamento Transporte Rodoviário Produtos Perigosos NBR 14064
As situações de emergência envolvendo o TRPP, normalmente, geram problemas de fluidez   e de segurança na circulação viária. Os órgãos operacionais com circunscrição sobre a via devem contar com dispositivos de sinalização de fácil transporte e colocação, como cones, cavaletes, placas, barreiras, luzes piscantes, cordas, faixas, lanternas, coletes refletivos para uso noturno, ou seja, um conjunto de equipamentos que permita o imediato e efetivo controle do tráfego.
Dessa forma, cuidados especiais devem ser dados ao planejamento e aos recursos de sinalização, para que se obtenha um controle seguro do fluxo de tráfego.
A sinalização para cenários acidentais envolvendo produtos perigosos deve advertir com   a necessária antecedência a existência de situações de emergência adiante, assim como deve controlar as velocidades e outras condições para a circulação segura, bem como transmitir e orientar os usuários quanto às mensagens sobre as condições de utilização adequada da via, compreendendo as proibições, restrições e informações que lhes permitam adotar comportamento adequado à situação.
Curso Transporte Rodoviário Produtos Perigosos NBR 14064
Todos os envolvidos de forma direta ou indireta no cenário acidental que necessitem  se movimentar em locais próximos ao fluxo de veículo e no acostamento da via, por exemplo, devem estar perfeitamente visíveis e identificáveis, tanto no período diurno quanto no noturno. Para tanto, as equipes devem estar equipadas com uniformes, coletes ou faixas que sejam retrorrefletivos para uso noturno como forma de garantir sua visibilidade e proteção.
Nos casos de emergências com produtos perigosos, recomenda-se a utilização de dispositivos portáteis, que possibilitem uma rápida implantação ou desativação da sinalização.
A sinalização de emergência deve ser perfeitamente visível no período noturno. Para tanto, todos os dispositivos a serem utilizados devem ser retrorrefletivos e, quando necessário, também iluminados. A iluminação não pode provocar ofuscamento aos usuários da via.
Havendo o risco de incêndio ou explosão em razão das características do produto vazado ou derramado, deve ser dada especial atenção aos equipamentos eletroeletrônicos que não sejam intrinsecamente seguros para a sinalização do cenário acidental, pois podem se constituir em fontes de ignição. Não pode ser utilizado sistema de iluminação com chamas vivas como sinalizadores ou latas contendo material inflamável.
O veículo do primeiro no local só deve ser utilizado como auxiliar da sinalização, com faróis e luzes de emergência ligados, se estiver posicionado a uma distância segura da cena acidental, a fim de evitar se constituir em uma fonte de ignição frente ao produto vazado ou derramado. Os mesmos cuidados se aplicam quando da utilização de painéis com seta luminosa, montados em veículos e painéis de mensagens variáveis (PMV).
Curso Transporte Rodoviário Produtos Perigosos NBR 14064
Isolamento
Antes de realizar o isolamento, o primeiro no local deve determinar os riscos principais com potencialidade para causar direta e imediatamente danos às pessoas e impactos ao meio ambiente, devendo, portanto, considerar direção, sentido e intensidade do vento. O isolamento pode ser feito em um raio a partir do ponto de vazamento ou, de forma parcial, abrangendo uma ou mais direções.
A área de isolamento inicial a ser demarcada é aquela que se encontra nas proximidades da ocorrência, na qual as pessoas podem estar expostas em razão de concentrações perigosas  do produto.
Curso Transporte Rodoviário Produtos Perigosos NBR 14064
Para realizar o isolamento inicial, pode-se utilizar como referência o Manual para Atendimento  à Emergências com Produtos Perigosos. Esse manual dispõe de uma tabela de distâncias de isolamento e proteção inicial aos produtos tóxicos por inalação (páginas de borda verde), bem como traz informações sobre procedimentos de evacuação para pequenos e grandes derramamentos e situações em que haja a ocorrência de fogo (páginas de borda alaranjada). Essas recomendações podem ser utilizadas como base para a realização de um isolamento seguro para a comunidade até a chegada das equipes especializadas para intervenção. As distâncias de isolamento inicial e de ação protetora do Manual para Atendimento a Emergências com Produtos Perigosos foram originadas de dados históricos de incidentes no transporte  e do uso de modelos matemáticos.