Curso Operador de Martelete

Curso Operador de Martelete
Foto Ilustrativa

Curso Operador de Martelete

Nome Técnico: Curso Capacitação NR 12 Segurança na Operação de Martelete

Referência: 5743

Ministramos Cursos e Treinamentos em Idioma Técnico: Português, Inglês, Espanhol, Alemão, Híndi, Mandarim, Cantonês, Japonês, entre outros.

Curso Operador de Martelete
O Curso Operador de Martelete tem o objetivo de fornecer conhecimentos práticos e teóricos na operação da máquina e seus acessórios/componentes de forma segura e eficiente.
Aplicando-se medidas de controle estabelecidas assim como preconiza as normas NR 12 e NR 18, com o cumprimento das condições exigíveis garantido um bom desempenho de produtividade, a segurança dos trabalhadores e ambiente de trabalho.

O que é Martelete?
Marteletes (martelos demolidores) servem para perfurar e romper concreto e cerâmica em obras de construção ou manutenção de qualquer porte. São utilizados para demolir pisos e vigas, abrir canaletas para passagem de tubulação, colunas de concreto, perfurar concreto asfáltico.

Escolha Seu Plano

100% Presencial

16 Horas - Com Experiência

Nossa Sede ou In Company DDD 11

Outros Locais Consultar

R$ 
Consultar

Por Pessoa/Turma (PagSeguro)

Semipresencial/Reciclagem

08hs EAD / 08hs Presenciais

Nossa Sede ou In Company DDD 11

Outros Locais Consultar

R$ 
Consultar

Por Pessoa/Turma (PagSeguro)

EAD (Ensino a Distância)

16 Horas - Com Experiência

Totalmente Online

Imperdível!

R$ 
Consultar

Por Pessoa/Turma (PagSeguro)

Preços Especiais

para Empresas/Turmas

Consulte

Conteúdo Programático

Curso Operador de Martelete

Conscientização da Importância do Manual de Instrução de Máquinas e Equipamentos;
Perfil do operador;
Tipo de Martelete pneumático e elétrico;
Identificação dos riscos associados com cada máquina e equipamento;
Proteções do equipamento;
O que fazer, por exemplo, contatar o supervisor, se uma proteção foi danificada ou se perdeu sua função, deixando de garantir uma segurança adequada;
Os princípios de segurança na utilização da máquina ou equipamento;
Segurança para riscos mecânicos, elétricos e outros relevantes;
Permissão de trabalho;
Como elaborar Análise Preliminar de Riscos – APR (ruídos, vibração e ergonomia);
Sistema de bloqueio de funcionamento da máquina e equipamento durante operações de inspeção, limpeza, lubrificação e manutenção;
Equipamento de Proteção Individual – EPI;
Equipamento de Proteção Coletiva – EPC;
Cuidados com o Equipamento (Capacidade, lubrificação, limpeza e aquecimento);
Prevenção de Incêndios e acidentes;
Procedimentos e noções de primeiros socorros;
Exercícios práticos;
Percepção dos riscos e fatores que afetam as percepções das pessoas;
Impacto e fatores comportamentais na segurança;
Fator medo;
Consequências da Habituação do risco;
A importância do conhecimento da tarefa;
Entendimentos sobre Ergonomia;
Avaliação Teórica e Prática;
Certificado de Participação.

Referências Normativas quando for o caso aos dispositivos aplicáveis e suas atualizações:
NR 06 – Equipamento de Proteção Individual – EPI;
NR 10 – Segurança em Instalações e Serviços em Eletricidade;
NR 12 – Segurança no Trabalho em Máquinas e Equipamentos;
NR 18 – Condições e Meio Ambiente de Trabalho na Indústria da Construção;
ABNT NBR 13759 – Segurança de máquinas – Equipamentos de parada de emergência – Aspectos funcionais – Princípios para projeto;
ABNT NBR ISO/CIE 8995 – Iluminação de ambientes de trabalho;
Protocolo 2015 Guidelines American Heart Association;
Protocolo 2017 – Atualizações Específicas nas Diretrizes 2017 American Heart Association p/ Suporte Básico de Vida em Pediatria/Adultos e Qualidade de Ressuscitação Cardiopulmonar.
Portaria GM N.2048 – Política Nacional de Atenção as Urgências;
ISO 45001 – Sistemas de gestão de saúde e segurança ocupacional – Requisitos com orientação para uso.

Atenção:
EAD (Ensino a Distância), Semipresencial
O Certificado EAD também conhecido como Online, conforme LEI Nº 9.394, DE 20 DE DEZEMBRO DE 1996. pode ser utilizado para:
Atividades Complementares;
Avaliações de empresas;
Concursos Públicos;
Extensão universitária;
Horas extracurriculares;
Melhora nas chances de obter  emprego;
Processos de recrutamento;
Promoções internas;
Provas de Títulos;
Seleções de doutorado;
Seleções de Mestrado;
Entras outras oportunidades.
Base Legal – Norma Técnica 54 Ministério do Trabalho
RESPONSABILIDADES – Como a capacitação em SST é obrigação trabalhista a ser fornecida pelo empregador a seus trabalhadores em razão dos riscos oriundos da atividade explorada, é de inteira responsabilidade do empregador garantir sua efetiva implementação, sujeitando-se às sanções administrativas cabíveis em caso de uma capacitação não efetiva ou ainda pela capacitação de má qualidade que não atenda aos requisitos da legislação. É indispensável observar que, ainda que se opte pela realização de capacitação em SST por meio de EAD ou semipresencial, é salutar que toda capacitação seja adaptada à realidade de cada estabelecimento. É que o trabalhador está sendo capacitado pelo empregador para atuar em determinado espaço, logo, uma capacitação genérica não irá atender às peculiaridades de toda e qualquer atividade econômica.veja na íntegra Nota Técnica 54 do Ministério do Trabalho MT Clique Aqui

 

Carga Horária

Curso Operador de Martelete

Participantes sem experiência:
Carga horária mínima = 40 horas/aula

Participantes com experiência:
Carga horária mínima = 16 horas/aula

Atualização (Reciclagem):
Carga horária mínima = 08 horas/aula

Atualização (Reciclagem): O empregador deve realizar treinamento periódico Anualmente e sempre que ocorrer quaisquer das seguintes situações:
a) mudança nos procedimentos, condições ou operações de trabalho;
b) evento que indique a necessidade de novo treinamento;
c) retorno de afastamento ao trabalho por período superior a noventa dias;
d) mudança de empresa;
e) Troca de máquina ou equipamento.

Certificado: Será expedido o Certificado para cada participante que atingir o aproveitamento mínimo de 70% (teórico e prático) conforme preconiza as Normas Regulamentadoras.

Critérios dos Certificados da Capacitação ou Atualização:
Nossos certificados são numerados e emitidos de acordo com as Normas Regulamentadoras e dispositivos aplicáveis:
Emissão da A.R.T. (Anotação de Responsabilidade Técnica);
Nome completo do funcionário e documento de identidade,;
Conteúdo programático;
Carga horária; Cidade, local e data de realização do treinamento;
Nome, identificação, assinatura e qualificação do(s) instrutor(es);
Nome, identificação e assinatura do responsável técnico pela capacitação;
Nome e qualificação do nosso Profissional Habilitado;
Especificação do tipo de trabalho e relação dos tipos de espaços confinados;
Espaço para assinatura do treinando;
Informação no Certificado que os participantes receberam DVD contendo material didático (Apostila, Vídeos, Normas etc.) apresentado no treinamento.
Evidencias do Treinamento: Vídeo editado, fotos, documentações digitalizadas, melhoria contínua, parecer do instrutor: Consultar valores.

Rescue Cursos

Nossos Cursos são completos e dinâmicos

Reproduzir vídeo

Saiba mais: Curso Operador de Martelete:

IMPORTANTE:
Martelete perfurador:  2,5kg;
Martelo perfurador rompedor: 06kg  – 50/60 hz de frequência;
Martelo perfurador rompedor: 11kg  –  50/60 hz de frequência;
Martelo rompedor: 10kg  – 50/60 hz de frequência;
Martelo demolidor: 30kg  –  60  hz de frequência;

NR 12 ANEXO VIII PRENSAS E SIMILARES
1. Prensas são máquinas utilizadas na conformação e corte de materiais diversos, nas quais o movimento do martelo – punção, é proveniente de um sistema hidráulico ou pneumático – cilindro hidráulico ou pneumático, ou de um sistema
mecânico, em que o movimento rotativo se transforma em linear por meio de sistemas de bielas, manivelas, conjunto de alavancas ou fusos.

1.1. As prensas são divididas em:

a) mecânicas excêntricas de engate por chaveta ou acoplamento equivalente;
b) mecânicas excêntricas com freio ou embreagem;
c) de fricção com acionamento por fuso;
d) servoacionadas;
e) hidráulicas;
f) pneumáticas;
g) hidropneumáticas; e
h) outros tipos não relacionados neste subitem.

1.2. Máquinas similares são aquelas com funções e riscos equivalentes aos das prensas, englobando:

a) martelos de queda;
b) martelos pneumáticos;
c) marteletes;
d) dobradeiras;
e) recalcadoras;
f) guilhotinas, tesouras e cisalhadoras;
g) prensas de compactação e de moldagem;
h) dispositivos hidráulicos e pneumáticos;
i) endireitadeiras;
j) prensas enfardadeiras; e
k) outras máquinas similares não relacionadas neste subitem

Segurança
O princípio de trabalho das ferramentas pneumáticas faz com elas sejam muito seguras e as mais adequadas para a maioria dos trabalhos. Naturalmente, todas as normas de qualidade e segurança também são consideradas no desenvolvimento das diferentes ferramentas rotativas, de impacto e de corte, correspondentes às suas funções primárias. A diferença das ferramentas eletricamente motorizadas encontra-se na manipulação do ar comprimido.

Num sistema de ar comprimido, especialmente 
nos compressores de ar, mas também na tubulação da rede e mangueira, são armazenados consideráveis volumes de ar sob alta pressão. Se não 
usada corretamente, de acordo com as instruções de segurança, essa forma de energia pode ser liberada abruptamente e, certamente, causar sérios acidentes. Então é absolutamente necessitário seguir todas as normas e medidas de segurança aplicáveis para sistemas de ar comprimido.

Manutenção

As manutenções de sistemas de ar comprimido devem ser realizadas em intervalos regulares. Isso se aplica especialmente à rede de ar.
A verificação de vazamentos pode ser feita monitorando-se a vazão de ar do compressor com as ferramentas conectadas à rede desligadas e então calculando-se esse volume. Vazamento de ar na rede pode consumir muita energia e ser um fator de custo importante!
Os maiores problemas relativos a ferramentas pneumáticas são, sem dúvida, causados por sujeira e por condensação no ar comprimido e, por isso, uma atenção especial deve ser dedicada à limpeza do ar e suas particularidades.
Filtros (inclusive os filtros das ferramentas pneumáticas!)
(Fonte: Ferramentas pneumáticas Bosch)

Curso Operador de Martelete: Consulte-nos.

Atualize seu conhecimento!

Os Melhores Cursos e Treinamentos