Curso NR-11 Amarração, Movimentação e Manuseio de Cargas,o que é o curso NR-11 amarração, movimentação e manuseio de cargas, pra que serve o curso NR-11 amarração, movimentação e manuseio de cargas, aonde fazer o curso NR-11 amarração, movimentação e manuseio de cargas, como fazer o curso NR-11 amarração, movimentação e manuseio de cargas, porque fazer o curso NR-11 amarração, movimentação e manuseio de cargas, quando fazer o curso NR-11 amarração, movimentação e manuseio de cargas, quanto é o curso NR-11 amarração, movimentação e manuseio de cargas,

Curso amarração, moviemntação de cargas

Curso NR-11 Amarração, Movimentação e Manuseio de Cargas

Nome Técnico: Curso NR-11 Amarração, Movimentação e Manuseio de Cargas

Cód: 5446

O Objetivo do Curso NR-11 Amarração, Movimentação e Manuseio de Cargas é de desenvolver competências que permitam ao profissional amarrar, movimentar cargas com equipamentos auxiliares, acondicionar produtos para transporte, organizar, preparar, isolar e sinalizar ambientes de trabalho, respeitando os padrões exigidos nas normas específicas da ocupação, considerando a segurança das pessoas e instalações, preservando o meio ambiente e a saúde do trabalhador.

Escolha Seu Plano

100% Presencial

16 Horas - Com Experiência

Nossa Sede ou In Company DDD 11

Outros Locais Consultar

R$ 
Consultar

Por Pessoa/Turma (PagSeguro)

Semipresencial/Reciclagem

08hs EAD / 08hs Presenciais

Nossa Sede ou In Company DDD 11

Outros Locais Consultar

R$ 
Consultar

Por Pessoa/Turma (PagSeguro)

Preços Especiais

para Empresas/Turmas

Consulte

Conteúdo Programático

Curso NR-11 Amarração, Movimentação e Manuseio de Cargas

Introdução, Responsabilidades e Acidente do Trabalho;
Regras básicas de segurança, condução, circulação e sinalização;
Descrições gerais e Componentes;
Tipos de cargas;
Conceitos gerais de equipamentos móveis;
Reconhecimento dos tipos de risco e controle;
Manutenção preventiva e observação diária;
Sinais convencionais para sinaleiros e Operadores;
Procedimentos Segurança, Amarração movimentação e Circulação de Carga;
Transporte manual de carga e formas de trabalho;
Como levantar, manusear e transportar carga de forma prática e segura;

Complementos
Prevenção de acidentes;
Procedimentos e noções de primeiros socorros;
Exercícios práticos;
Percepção dos riscos e fatores que afetam as percepções das pessoas;
Impacto e fatores comportamentais na segurança;
Fator medo;
Consequências da Habituação do risco;
A importância do conhecimento da tarefa;
Entendimentos sobre Ergonomia;
Análise de posto de trabalho;
Riscos ergonômicos;
Avaliação Teórica e Prática;
Certificado de Participação;

Referências Normativas aos dispositivos aplicáveis e suas atualizações:
NR-11 – Transporte, Movimentação, Armazenagem e Manuseio de Materiais;

NR-12 – Segurança no Trabalho em Máquinas e Equipamentos;
NR-17 – Ergonomia;
NR-18 – Condições e meio ambiente de trabalho na indústria da construção;
Critério de NIOSH para determinação do Limite de Peso Recomendado em uma empresa.

Atenção:
EAD Ensino a Distância, Presencial e Semipresencial

Base Legal – Norma Técnica 54 Ministério do Trabalho
RESPONSABILIDADES – Como a capacitação em SST é obrigação trabalhista a ser fornecida pelo empregador a seus trabalhadores em razão dos riscos oriundos da atividade explorada, é de inteira responsabilidade do empregador garantir sua efetiva implementação, sujeitando-se às sanções administrativas cabíveis em caso de uma capacitação não efetiva ou ainda pela capacitação de má qualidade que não atenda aos requisitos da legislação. É indispensável observar que, ainda que se opte pela realização de capacitação em SST por meio de EaD ou semipresencial, é salutar que toda capacitação seja adaptada à realidade de cada estabelecimento. É que o trabalhador está sendo capacitado pelo empregador para atuar em determinado espaço, logo, uma capacitação genérica não irá atender às peculiaridades de toda e qualquer atividade econômica. Veja na íntegra Nota Técnica 54 do Ministério do Trabalho MT Clique Aqui

Carga Horária

Curso NR-11 Amarração, Movimentação e Manuseio de Cargas

Participantes sem experiência:
Carga horária mínima = 40 horas/aula

Participantes com experiência:
Carga horária mínima = 16 horas/aula

Atualização (Reciclagem):
Carga horária mínima = 08 horas/aula

Atualização (Reciclagem):É recomendável anualmente: ou se ocorrer evento que indique a necessidade de atualização.

Certificado:Será expedido o Certificado para cada participante que atingir o aproveitamento mínimo de 70% (teórico e prático) conforme preconiza as Normas Regulamentadoras.

Critérios dos Certificados da Capacitação ou Atualização:
Nossos certificados são numerados e emitidos de acordo com as Normas Regulamentadoras e dispositivos aplicáveis:
Emissão da A.R.T. (Anotação de Responsabilidade Técnica);
Nome completo do funcionário e documento de identidade,;
Conteúdo programático;
Carga horária;Cidade, local e data de realização do treinamento;
Nome, identificação, assinatura e qualificação do(s) instrutor(es);
Nome, identificação e assinatura do responsável técnico pela capacitação;
Nome e qualificação do nosso Profissional Habilitado;
Especificação do tipo de trabalho e relação dos tipos de espaços confinados;
Espaço para assinatura do treinando;
Informação no Certificado que os participantes receberam DVD contendo material didático (Apostila, Vídeos, Normas etc.) apresentado no treinamento.
Evidencias do Treinamento: Vídeo editado, fotos, documentações digitalizadas, melhoria contínua, parecer do instrutor: Consultar valores.

Rescue Cursos

Nossos Cursos são completos e dinâmicos

Reproduzir vídeo

Sabia mais do Curso NR-11 Amarração, Movimentação e Manuseio de Cargas;
Atividades de transporte e levantamento de cargas pesadas estão sempre presentes nas operações de montagem. Tão importantes quanto rigorosas, elas exigem muita atenção e experiência, para que possam ser executadas com eficiência e segurança;
• As normas NR-11 e NR-18, prescrevem condições para o transporte, movimentação, armazenamento e manuseio de materiais;
• Rodoviário: Rapidez e entrega porta a porta, redução das operações de manuseio, porém fretes mais caros;
• Ferroviário: Cargas mais pesadas e em grandes quantidades, fretes menores, porém costuma demorar;
• Marítima ou Fluvial: Mais barato, porém é demorado, o desembaraço nos portos pode ser complicado e, além disso, exige maiores cuidados com avarias;
• Aérea: Excepcionalmente nos casos de cargas leves e de urgência;
Os equipamentos e acessórios para operações de elevação é escolhido em função de:
– Peso, volume e centro de gravidade;
– Altura de içamento;
– Condições do terreno, inclusive obstáculos existentes no local;
– Condições climáticas.
• Com as informações do levantamento teremos:
– Consultar equipamentos e acessórios a utilizar;
– Definir um plano de levantamento;
• O plano de levantamento poderá ser de caráter formal ou informal, de acordo com a complexidade da operação:
– Na preparação do levantamento, as cargas deverão ser amarradas por meio de cabos de aços, cintas ou corretes;
– Certas circunstância, as cargas poderão ser mantidas estabilizadas e/ou suspensas a determinada altura por pilhas de dormentes, estruturas tubulares, etc;

Importante:
Quando se tratar de Máquinas e Equipamentos de Elevação é obrigatório, imediatamente antes da movimentação, a realização de:
01 – Elaboração da Análise Preliminar e Risco -APR
02 – Permissão de Trabalho (PT)
03 – Checar EPIs e EPCs
04 – Verificar o Manual de Instrução do Equipamento;
04 – Verificar o Laudo de Inspeção Técnica do Equipamento e dos Pontos de Ancoragem com ART
05 –  Manter Equipe de Resgate equipada;
06 – Reunião de segurança sobre a operação com os envolvidos, contemplando as atividades que serão desenvolvidas, o  processo de trabalho, os riscos e as medidas de proteção, conforme análise de risco, consignado num documento a ser arquivado contendo o nome legível e assinatura dos participantes;
a) Inspeção visual;
b) Checagem do funcionamento do rádio;
c) Confirmação de que os sinais são conhecidos de todos os envolvidos na operação.
07- A reunião de segurança deve instruir toda a equipe de trabalho, dentre outros envolvidos na operação, no mínimo, sobre os seguintes perigos:
a) Impacto com estruturas externas;
b) Movimento inesperado;
c) Queda de altura;
i) Outros específicos associados com o içamento.
08 – A equipe de trabalho é formada pelo(s) ocupante(s) do cesto, operador do equipamento, sinaleiro designado e supervisor da operação.
09 – A equipe de Resgate equipada deve permanecer a tempo de resposta dentro dos padrões  de  zero a 10 minutos.

Curso NR-11 Amarração, Movimentação e Manuseio de Cargas – Consulte-nos

Atualize seu conhecimento!

Os Melhores Cursos e Treinamentos