Curso NR 06 EPI Equipamento Proteção Individual

Curso NR 06 EPI - Equipamento de Proteção Individual

Curso NR 06 EPI Equipamento de Proteção Individual

Curso Capacitação NR 06 EPI Equipamento de Proteção Individual - 06 horas

Referência:

Curso NR 06 EPI – Equipamento de Proteção Individual
Curso NR 06 EPI – Equipamento de Proteção Individual tem como objetivo instruir e capacitar o colaborador quanto aos equipamentos que o mesmo deve utilizar em ambiente de trabalho visando garantir sua segurança durante a execução de suas atividades.

O que é EPI?
Considera-se EPI todo dispositivo ou produto, de uso individual utilizado pelo trabalhador, destinado à proteção de riscos suscetíveis de ameaçar a segurança e a saúde no trabalho.

Escolha Seu Plano

100% Presencial

06 Horas - Com Experiência

Nossa Sede ou In Company DDD 11

Outros Locais Consultar

R$ 
Consultar

Por Pessoa/Turma (PagSeguro)

Semipresencial/Reciclagem

03hs EAD / 03hs Presenciais

Nossa Sede ou In Company DDD 11

Outros Locais Consultar

R$ 
Consultar

Por Pessoa/Turma (PagSeguro)

EAD (Ensino a Distância)

40 Horas - Com Experiência

Totalmente Online

Imperdível!

R$ 
Consultar

Por Pessoa/Turma (PagSeguro)

Preços Especiais

para Empresas/Turmas

Consulte

Conteúdo Programático

Curso NR 06 EPI Equipamento Proteção Individual

O que é o Equipamento de Proteção Individual?
Apresentação do Curso;
Conceitos e Definições;
Conservação e Guarda dos EPI’s;
EPI – Proteção Auditiva;
EPI – Proteção Contra Quedas Com Diferença de Nível;
EPI – Proteção da Cabeça;
EPI – Proteção de Tronco;
EPI – Proteção do Corpo Inteiro;
EPI – Proteção dos Membros Inferiores;
EPI – Proteção dos Membros Superiores;
EPI – Proteção dos Olhos e Face;
EPI – Proteção Respiratória;
Ficha de Controle do EPI;
Importância do EPI;
Responsabilidades do Empregador;
Responsabilidades do Trabalhador;
Responsabilidades dos Fabricantes e Importadores;
Responsabilidades, direitos e obrigações;
Riscos por Não Usar os EPI´s;
Uso adequado do EPI;
Vídeos Explicativos do Uso Correto dos EPI´s;
Complementos:
Exercícios práticos;
Percepção dos riscos e fatores que afetam as percepções das pessoas;
Impacto e fatores comportamentais na segurança;
Fator medo;
Consequências da Habituação do risco;
A importância do conhecimento da tarefa;
Entendimentos sobre Ergonomia;
Análise de posto de trabalho;
Riscos ergonômicos;
Avaliação Teórica e Prática;
Certificado de Participação.

Referências Normativas aos dispositivos aplicáveis e suas atualizações:
NR – 06 – Equipamento de Proteção Individual – EPI;

NR – 18 – Condições e Meio Ambiente de Trabalho na Indústria da Construção;
ABNT NBR 12543 Equipamentos de proteção respiratória – Classificação
ABNT NBR 16489 Sistemas e equipamentos de proteção individual para trabalhos em altura — Recomendações e orientações para seleção, uso e manutenção
ABNT NBR 8221 Capacete de segurança para uso ocupacional – Especificação e métodos de ensaio
ABNT NBR 16603 Equipamento de proteção individual – Calçado isolante elétrico para trabalhos em instalações elétricas de baixa tensão até 500 V em ambiente seco – Requisitos e métodos de ensaios
ABNT NBR ISO 20344 Equipamentos de proteção individual – Métodos de ensaio para calçados
ABNT NBR ISO 20345 Equipamento de proteção individual – Calçado de segurança
ABNT NBR ISO 20346 Equipamento de proteção individual – Calçado de proteção
ABNT NBR ISO 20347 Equipamento de proteção individual – Calçado ocupacional
ABNT NBR ISO 13688 Vestimentas de proteção – Requisitos gerais
Protocolo 2015 Guidelines American Heart Association;
Portaria GM N.2048 – Política Nacional de Atenção as Urgências.

Curso NR 06 EPI Equipamento Proteção Individual

Atenção:
EAD Ensino a Distância, Presencial e Semipresencial
Base Legal – Norma Técnica 54 Ministério do Trabalho
RESPONSABILIDADES – Como a capacitação em SST é obrigação trabalhista a ser fornecida pelo empregador a seus trabalhadores em razão dos riscos oriundos da atividade explorada, é de inteira responsabilidade do empregador garantir sua efetiva implementação, sujeitando-se às sanções administrativas cabíveis em caso de uma capacitação não efetiva ou ainda pela capacitação de má qualidade que não atenda aos requisitos da legislação. É indispensável observar que, ainda que se opte pela realização de capacitação em SST por meio de EAD ou semipresencial, é salutar que toda capacitação seja adaptada à realidade de cada estabelecimento. É que o trabalhador está sendo capacitado pelo empregador para atuar em determinado espaço, logo, uma capacitação genérica não irá atender às peculiaridades de toda e qualquer atividade econômica.veja na íntegra Nota Técnica 54 do Ministério do Trabalho MT Clique Aqui 

Carga Horária

Curso NR 06 EPI Equipamento Proteção Individual

Participantes sem experiência:
Carga horária mínima = 06 horas/aula

Participantes com experiência:
Carga horária mínima = 06 horas/aula

Atualização (Reciclagem)
Carga horária mínima = 06 horas/aula

Atualização (Reciclagem): O empregador deve realizar treinamento periódico Anualmente e sempre que ocorrer quaisquer das seguintes situações:
a) mudança nos procedimentos, condições ou operações de trabalho;
b) evento que indique a necessidade de novo treinamento;
c) retorno de afastamento ao trabalho por período superior a noventa dias;
d) mudança de empresa;
e) Troca de máquina ou equipamento.

Certificado:Será expedido o Certificado para cada participante que atingir o aproveitamento mínimo de 70% (teórico e prático) conforme preconiza as Normas Regulamentadoras.

Critérios dos Certificados da Capacitação ou Atualização:
Nossos certificados são numerados e emitidos de acordo com as Normas Regulamentadoras e dispositivos aplicáveis:
Emissão da A.R.T. (Anotação de Responsabilidade Técnica);
Nome completo do funcionário e documento de identidade,;
Conteúdo programático;
Carga horária;Cidade, local e data de realização do treinamento;
Nome, identificação, assinatura e qualificação do(s) instrutor(es);
Nome, identificação e assinatura do responsável técnico pela capacitação;
Nome e qualificação do nosso Profissional Habilitado;
Especificação do tipo de trabalho e relação dos tipos de espaços confinados;
Espaço para assinatura do treinando;
Informação no Certificado que os participantes receberam DVD contendo material didático (Apostila, Vídeos, Normas etc.) apresentado no treinamento.
Evidencias do Treinamento: Vídeo editado, fotos, documentações digitalizadas, melhoria contínua, parecer do instrutor: Consultar valores.

Causas do Acidente Trabalho:
Falta de cuidados do empregado;
Falta de alerta do empregador;
Mesmo efetuando todos os Treinamentos e Laudos obrigatórios de Segurança e Saúde do Trabalho em caso de acidente de trabalho o empregador estará sujeito a Processos tipo:
1- Inquérito Policial – Polícia Civil;
2- Perícia através Instituto Criminalista;
3- Procedimento de Apuração junto Delegacia Regional do Trabalho;
4- Inquérito Civil Público perante o Ministério Público do trabalho para verificação se os demais trabalhadores não estão correndo perigo;
5- O INSS questionará a causa do acidente que poderia ser evitado e se negar a efetuar o pagamento do benefício ao empregado;
6- Familiares poderão ingressar com Processo na Justiça do Trabalho pleiteando danos Morais, Materiais, Luxação, etc.;
7- Tsunami Processuais obrigando o Empregador a gerar Estratégia de Defesas mesmo estando certo;
8- Apesar da Lei da Delegação Trabalhista não prever que se aplica a culpa em cooper vigilando mas apenas a responsabilidade de entregar o equipamento de treinamento (responsável em vigiar e na tem que realmente vigiar;
9- Não prever que se aplica a culpa em cooper vigilando ao Empregador mas apenas a responsabilidade de entregar o equipamento de treinar vale frisar que o Empregador também fica responsável em vigiar);
10- Quando ocorre um acidente além de destruir todo o “bom humor” das relações entre os empregados ou também o gravíssimo problema de se defender de uma série de procedimento ao mesmo tempo, então vale a pena investir nesta prevenção.
Salientamos que o empregado não pode exercer atividades expostos a riscos que possam comprometer sua segurança e saúde.
Sendo assim podem responder nas esferas criminal e civil, aqueles expõem os trabalhadores a tais riscos.

Curso NR 06 EPI Equipamento Proteção Individual

Rescue Cursos

Nossos Cursos são completos e dinâmicos

Reproduzir vídeo

Saiba Mais: Curso NR 06 EPI Equipamento Proteção Individual:

Segundo a NR 06:
Cabe ao órgão regional do MTE:
fiscalizar e orientar quanto ao uso adequado e a qualidade do EPI;
recolher amostras de EPI; e,
aplicar, na sua esfera de competência, as penalidades cabíveis pelo descumprimento desta NR.
EPI PARA PROTEÇÃO DA CABEÇA
Capacete:
capacete para proteção contra impactos de objetos sobre o crânio;
capacete para proteção contra choques elétricos;
capacete para proteção do crânio e face contra agentes térmicos.
Capuz ou balaclava:
capuz para proteção do crânio e pescoço contra riscos de origem térmica;
capuz para proteção do crânio, face e pescoço contra agentes químicos;
capuz para proteção do crânio e pescoço contra agentes abrasivos e escoriantes;
capuz para proteção da cabeça e pescoço contra umidade proveniente de operações com uso de água.
EPI PARA PROTEÇÃO DOS OLHOS E FACE
Óculos:
óculos para proteção dos olhos contra impactos de partículas volantes;
óculos para proteção dos olhos contra luminosidade intensa;
óculos para proteção dos olhos contra radiação ultravioleta;
óculos para proteção dos olhos contra radiação infravermelha;
óculos de tela para proteção limitada dos olhos contra impactos de partículas volantes.
Protetor facial:
protetor facial para proteção da face contra impactos de partículas volantes;
protetor facial para proteção da face contra radiação infravermelha;
protetor facial para proteção dos olhos contra luminosidade intensa;
protetor facial para proteção da face contra riscos de origem térmica;
protetor facial para proteção da face contra radiação ultravioleta.
Máscara de Solda:
máscara de solda para proteção dos olhos e face contra impactos de partículas volantes, radiação ultra-violeta, radiação infra-vermelha e luminosidade intensa.
EPI PARA PROTEÇÃO AUDITIVA
Protetor auditivo:
protetor auditivo circum-auricular para proteção do sistema auditivo contra níveis de pressão sonora superiores ao estabelecido na NR-15, Anexos n.º 1 e 2;
protetor auditivo de inserção para proteção do sistema auditivo contra níveis de pressão sonora superiores ao estabelecido na NR-15, Anexos n.º 1 e 2;
protetor auditivo semi-auricular para proteção do sistema auditivo contra níveis de pressão sonora superiores ao estabelecido na NR-15, Anexos n.º 1 e 2.
EPI PARA PROTEÇÃO RESPIRATÓRIA
Respirador purificador de ar não motorizado:
peça semifacial filtrante (PFF1) para proteção das vias respiratórias contra poeiras e névoas;
peça semifacial filtrante (PFF2) para proteção das vias respiratórias contra poeiras, névoas e fumos;
peça semifacial filtrante (PFF3) para proteção das vias respiratórias contra poeiras, névoas, fumos e radionuclídeos;
peça um quarto facial, semifacial ou facial inteira com filtros para material particulado tipo P1 para proteção das vias respiratórias contra poeiras e névoas; e ou P2 para proteção contra poeiras, névoas e fumos; e ou P3 para proteção contra poeiras, névoas, fumos e radionuclídeos;
peça um quarto facial, semifacial ou facial inteira com filtros químicos e ou combinados para proteção das vias respiratórias contra gases e vapores e ou material particulado.
Respirador purificador de ar motorizado:
sem vedação facial tipo touca de proteção respiratória, capuz ou capacete para proteção das vias respiratórias contra poeiras, névoas, fumos e radionuclídeos e ou contra gases e vapores;
com vedação facial tipo peça semifacial ou facial inteira para proteção das vias respiratórias contra poeiras, névoas, fumos e radionuclídeos e ou contra gases e vapores.
Respirador de adução de ar tipo linha de ar comprimido:
sem vedação facial de fluxo contínuo tipo capuz ou capacete para proteção das vias respiratórias em atmosferas com concentração de oxigênio maior que 12,5%;
sem vedação facial de fluxo contínuo tipo capuz ou capacete para proteção das vias respiratórias em operações de jateamento e em atmosferas com concentração de oxigênio maior que 12,5%;
com vedação facial de fluxo contínuo tipo peça semifacial ou facial inteira para proteção das vias respiratórias em atmosferas com concentração de oxigênio maior que 12,5%;
de demanda com pressão positiva tipo peça semifacial ou facial inteira para proteção das vias respiratórias em atmosferas com concentração de oxigênio maior que 12,5%;
de demanda com pressão positiva tipo peça facial inteira combinado com cilindro auxiliar para proteção das vias respiratórias em atmosferas com concentração de oxigênio menor ou igual que 12,5%, ou seja, em atmosferas Imediatamente Perigosas à Vida e a Saúde (IPVS).
Respirador de Adução de Ar Tipo Máscara Autonoma:
de circuito aberto de demanda com pressão positiva para proteção das vias respiratórias em atmosferas com concentração de oxigênio menor ou igual que 12,5%, ou seja, em atmosferas Imediatamente Perigosas à Vida e a Saúde (IPVS);
de circuito fechado de demanda com pressão positiva para proteção das vias respiratórias em atmosferas com concentração de oxigênio menor ou igual que 12,5%, ou seja, em atmosferas Imediatamente Perigosas à Vida e a Saúde (IPVS).
Respirador de fuga:
respirador de fuga tipo bocal para proteção das vias respiratórias contra gases e vapores e ou material particulado em condições de escape de atmosferas Imediatamente Perigosas à Vida e a Saúde (IPVS).
EPI PARA PROTEÇÃO DO TRONCO
Vestimentas:
vestimentas para proteção do tronco contra riscos de origem térmica;
vestimentas para proteção do tronco contra riscos de origem mecânica;
vestimentas para proteção do tronco contra agentes químicos;
vestimentas para proteção do tronco contra riscos de origem radioativa;
vestimenta para proteção do tronco contra umidade proveniente de precipitação pluviométrica;
vestimentas para proteção do tronco contra umidade proveniente de operações com uso de água.
Colete à prova de balas de uso permitido para vigilantes que trabalhem portando arma de fogo, para proteção do tronco contra riscos de origem mecânica.
EPI PARA PROTEÇÃO DOS MEMBROS SUPERIORES
Luvas:
luvas para proteção das mãos contra agentes abrasivos e escoriantes;
luvas para proteção das mãos contra agentes cortantes e perfurantes;
luvas para proteção das mãos contra choques elétricos;
luvas para proteção das mãos contra agentes térmicos;
luvas para proteção das mãos contra agentes biológicos;
luvas para proteção das mãos contra agentes químicos;
luvas para proteção das mãos contra vibrações;
luvas para proteção contra umidade proveniente de operações com uso de água;
luvas para proteção das mãos contra radiações ionizantes.
Creme protetor:
creme protetor de segurança para proteção dos membros superiores contra agentes químicos.
Manga:
manga para proteção do braço e do antebraço contra choques elétricos;
manga para proteção do braço e do antebraço contra agentes abrasivos e escoriantes;
manga para proteção do braço e do antebraço contra agentes cortantes e perfurantes;
manga para proteção do braço e do antebraço contra umidade proveniente de operações com uso de água;
manga para proteção do braço e do antebraço contra agentes térmicos;
manga para proteção do braço e do antebraço contra agentes químicos.
Braçadeira:
braçadeira para proteção do antebraço contra agentes cortantes;
braçadeira para proteção do antebraço contra agentes escoriantes.
Dedeira:
dedeira para proteção dos dedos contra agentes abrasivos e escoriantes.
EPI PARA PROTEÇÃO DOS MEMBROS INFERIORES
Calçado:
calçado para proteção contra impactos de quedas de objetos sobre os artelhos;
calçado para proteção dos pés contra agentes provenientes de energia elétrica;
calçado para proteção dos pés contra agentes térmicos;
calçado para proteção dos pés contra agentes abrasivos e escoriantes;
calçado para proteção dos pés contra agentes cortantes e perfurantes;
calçado para proteção dos pés e pernas contra umidade proveniente de operações com uso de água;
calçado para proteção dos pés e pernas contra agentes químicos.
Meia:
meia para proteção dos pés contra baixas temperaturas.
Perneira:
perneira para proteção da perna contra agentes abrasivos e escoriantes;
perneira para proteção da perna contra agentes térmicos;
perneira para proteção da perna contra agentes químicos;
perneira para proteção da perna contra agentes cortantes e perfurantes;
perneira para proteção da perna contra umidade proveniente de operações com uso de água.
Calça:
calça para proteção das pernas contra agentes abrasivos e escoriantes;
calça para proteção das pernas contra agentes químicos;
calça para proteção das pernas contra agentes térmicos;
calça para proteção das pernas contra umidade proveniente de operações com uso de água.
calça para proteção das pernas contra umidade proveniente de precipitação pluviométrica.
Macacão:
macacão para proteção do tronco e membros superiores e inferiores contra agentes térmicos;
macacão para proteção do tronco e membros superiores e inferiores contra agentes químicos;
macacão para proteção do tronco e membros superiores e inferiores contra umidade proveniente de operações com uso de água.
macacão para proteção do tronco e membros superiores e inferiores contra umidade proveniente de precipitação pluviométrica.
Vestimenta de corpo inteiro:
vestimenta para proteção de todo o corpo contra riscos de origem química;
vestimenta para proteção de todo o corpo contra umidade proveniente de operações com água;
vestimenta condutiva para proteção de todo o corpo contra choques elétricos.
vestimenta para proteção de todo o corpo contra umidade proveniente de precipitação pluviométrica.
EPI PARA PROTEÇÃO CONTRA QUEDAS COM DIFERENÇA DE NÍVEL
Cinturão de Segurança com Dispositivo trava-queda:
cinturão de segurança com dispositivo trava-queda para proteção do usuário contra quedas em operações com movimentação vertical ou horizontal.
Cinturão de Segurança com Talabarte:
cinturão de segurança COM TALABARTE para proteção do usuário contra riscos de queda em trabalhos em altura;
cinturão de segurança COM TALABARTE para proteção do usuário contra riscos de queda no posicionamento em trabalhos em altura.

Curso NR 06 EPI Equipamento Proteção Individual: Consulte-nos:

Atualize seu conhecimento!

Os Melhores Cursos e Treinamentos