Curso Bloco K Sped Fiscal, Treinamento Bloco K , o que é o curso bloco k sped fiscal, pra que serve o curso bloco k sped fiscal, Como Deve  informar as movimentações de estoque no Bloco K? aonde fazer o curso bloco k sped fiscal, como fazer o curso bloco k sped fiscal, porque fazer o curso bloco k sped fiscal, quando fazer o curso bloco k sped fiscal, quanto custa o curso bloco k sped fiscal, treinamento de curso bloco k sped fiscal, certificado de curso bloco k sped fiscal, apostila de curso bloco k sped fiscal, qual objetivo do curso bloco k sped fiscal, reciclagem do curso bloco k sped fiscal,

Bloco K – Controles de Produção e do Estoque – Sped Fiscal

Curso Bloco K Sped Fiscal

Nome Técnico: Bloco K – Controles de Produção e do Estoque – Sped Fiscal

Cód: 22555

O Curso Bloco K Sped Fiscal tem por objetivo apresentar de uma forma clara e prática como as informações devem ser disponibilizadas e controladas para atendimento do SPED-Fiscal, mostrar a composição dos blocos, informações e cadastros necessários, e a importância da consistência destas informações a serem registradas e enviadas para o Fisco.
O participante será capaz de compreender o motivo da implantação do SPED, o impacto dos mesmos em suas atividades e as interfaces necessárias com as diversas áreas da empresa (contabilidade, fiscal, planejamento, produção, compras, estoque, TI, etc.)
Além de atender às exigências do Fisco, a empresa irá melhorar toda a Gestão de Materiais e Produção, otimizando os resultados operacionais e financeiros, como também, melhor atendimento aos clientes, aumento da produtividade e redução de perdas e dos custos envolvidos, e consequentemente aumento da competitividade da empresa.

Como Deve  informar as movimentações de estoque no Bloco K?
16.4.1.4 – As movimentações de estoque a serem informadas no bloco K são:
a) A quantidade produzida no estabelecimento informante (K230);
b) A quantidade consumida no estabelecimento informante (K235);
c) A quantidade produzida em terceiros (K250);
d) A quantidade consumida em terceiros (K255);
e) Outras movimentações internas entre mercadorias (K220);
f) A quantidade de produto/insumo a ser reprocessado/reparado ou já reprocessado/reparado (K260);
g) A quantidade de consumo de mercadoria e/ou retorno de mercadoria ao estoque, ocorridos no
reprocessamento/reparo de produto/insumo (K265);
h) A quantidade de mercadoria a ser desmontada (K210);
i) A quantidade de mercadoria desmontada (K215).
j) A quantidade de itens produzidos em produção conjunta (K291)
k) A quantidade de insumos consumidos em produção conjunta (K292)
As demais movimentações (entrada e saída de estoque) são informadas por meio dos documentos fiscais (Bloco C).

Escolha Seu Plano

100% Presencial

08 Horas - Com Experiência

Nossa Sede ou In Company DDD 11

Outros Locais Consultar

R$ 
Consultar

Por Pessoa/Turma (PagSeguro)

Semipresencial/Reciclagem

04hs EAD / 04hs Presenciais

Nossa Sede ou In Company DDD 11

Outros Locais Consultar

R$ 
Consultar

Por Pessoa/Turma (PagSeguro)

EAD (Ensino a Distância)

08 Horas - Com Experiência

Totalmente Online

Imperdível!

R$ 
Consultar

Por Pessoa/Turma (PagSeguro)

Preços Especiais

para Empresas/Turmas

Consulte

Conteúdo Programático

Curso Bloco K Sped Fiscal;
Inclusão dos Registros K290, K291, K292, K300, K301 e K302 para informação de produção conjunta, válido a partir de janeiro de 2019;
Legislação pertinente;
Conceito;
Obrigatoriedade (prorrogação escalonada);
Obrigatoriedade da escrituração do Bloco K a partir de 1º de janeiro de 2017;
Obrigatoriedade da escrituração do Bloco K a partir de 1º de janeiro de 2018;
Obrigatoriedade da escrituração do Bloco K a partir de 1º de janeiro de 2019;
Periodicidade de informações;
Arquivos sem movimento;
Certificação digital;
Escrituração da efd;
Guarda;
Procedimento de retificação;
Detalhamento dos blocos de informações;
Estudo dos registros do livro registro de controle da produção e do estoque – Bloco K;
Registro 0210 – consumo específico padronizado (ficha técnica);
Registro K100 – período de apuração do icms (periodicidade);
Registro K200 – estoque escriturado;
Registro K210 – desmontagem de mercadorias ? item de origem;
Registro K215 – desmontagem de mercadorias ? item de destino;
Registro K220 – outras movimentações internas entre mercadorias;
Registro K230 – itens produzidos (ordem de produção);
Registro K235 – insumos consumidos;
Registro K250 – industrialização efetuada por terceiros – itens produzidos;
Registro K255 – industrialização em terceiros – insumos consumidos;
Registro K260 – reprocessamento/reparo de produto/insumo;
Registro K265 – reprocessamento/reparo ? mercadorias consumidas e/ou retornadas;
Registro K270 – correção de apontamento dos registros K210, K220, K230, K250 E K260;
Registro K275 – correção de apontamento e retorno de insumos dos registros K215, K220, K235, K255 E K265;
Registro K280 – correção de apontamento ? estoque escriturado;
Registro K290 – produção conjunta ? ordem de produção;
Registro K291 – produção conjunta – itens produzidos;
Registro K300 – produção conjunta ? industrialização efetuada por terceiros;
Registro K301 – produção conjunta ? industrialização efetuada por terceiros ? itens produzidos;
Registro K302 – produção conjunta ? industrialização efetuada por terceiros ? insumos consumidos.

Atenção:
EAD Ensino a Distância, Presencial e Semipresencial

Base Legal – Norma Técnica 54 Ministério do Trabalho
RESPONSABILIDADES – Como a capacitação em SST é obrigação trabalhista a ser fornecida pelo empregador a seus trabalhadores em razão dos riscos oriundos da atividade explorada, é de inteira responsabilidade do empregador garantir sua efetiva implementação, sujeitando-se às sanções administrativas cabíveis em caso de uma capacitação não efetiva ou ainda pela capacitação de má qualidade que não atenda aos requisitos da legislação. É indispensável observar que, ainda que se opte pela realização de capacitação em SST por meio de EaD ou semipresencial, é salutar que toda capacitação seja adaptada à realidade de cada estabelecimento. É que o trabalhador está sendo capacitado pelo empregador para atuar em determinado espaço, logo, uma capacitação genérica não irá atender às peculiaridades de toda e qualquer atividade econômica. Veja na íntegra Nota Técnica 54 do Ministério do Trabalho MT Clique Aqui

Carga Horária

Curso Bloco K Sped Fiscal;

Participantes com experiência:
Carga horária mínima = 08 horas/aula

Certificado:Será expedido o Certificado para cada participante que atingir o aproveitamento mínimo de 70% (teórico e prático) conforme preconiza as Normas Regulamentadoras.

Critérios dos Certificados da Capacitação ou Atualização:
Nossos certificados são numerados e emitidos de acordo com as Normas:
Nome completo do funcionário e documento de identidade;
Conteúdo programático;
Carga horária;Cidade, local e data de realização do treinamento;
Nome, identificação, assinatura e qualificação do(s) instrutor(es);
Nome, identificação e assinatura do responsável técnico pela capacitação;
Nome e qualificação do nosso Profissional Habilitado;
Especificação do tipo de trabalho;
Espaço para assinatura do treinando;
Informação no Certificado que os participantes receberam DVD contendo material didático (Apostila, Vídeos, Normas etc.) apresentado no treinamento.
Evidencias do Treinamento: Vídeo editado, fotos, documentações digitalizadas, melhoria contínua, parecer do instrutor: Consultar valores.

Rescue Cursos

Nossos Cursos são completos e dinâmicos

Reproduzir vídeo

Saiba Mais: Curso Bloco K Sped Fiscal;
O  calendário do SPED Fiscal tem programado uma importante mudança para empresas (principalmente indústrias) para 1º de janeiro de 2015. É que a partir desta data essas empresas estarão obrigadas a enviar o livro Registro de Controle da Produção e do Estoque, por meio do Bloco K do SPED Fiscal.
Essa mudança terá grande impacto nas empresas, sendo que a obrigação é bastante complexa e trabalhos. Antes da nova obrigação, as empresas já precisavam realizar esse envio, todavia isso não era uma prática dos empresários, já que o livro de Controle da Produção e de Estoque quase nunca era exigido. Agora esse quadro se altera, pois ao entrar no SPED Fiscal a fiscalização para essa obrigação será muito mais ativa.
Isso representa que essas empresas deverão cadastrar no Bloco K do SPED Fiscal, quais os produtos que tiver que ser utilizado para a fabricação de um produto, isto é, o consumo específico padronizado, além de perdas normais do processo produtivo e substituição de insumos para todos os produtos fabricados pelo próprio estabelecimento ou por terceiros.
Ainda há muitas dúvidas sobre esta questão, mas segundo análise da Confirp seriam obrigadas a cumprirem essa obrigação as indústrias e os atacadistas. “A confusão ainda é grande sobre o tema, todavia, temos um entendimento a partir do qual, vemos que as indústrias terão que realizar os registros de todas as peças envolvidas nos processos de fabricação dos produtos, mais além disso também há o entendimento de que os atacadistas terão que apresentar informações referentes a cada item de seus estoques”.
Entenda melhor;
As legislações do ICMS (estadual) e a do IPI (federal) obrigam essas empresas a registrar, nos livros próprios, as ações que realizam. No livro Registro de Controle da Produção e do Estoque devem ser registradas às entradas e saídas, à produção e às quantidades relativas aos estoques de mercadorias.
O grande problema é a complexidade desse registro sendo que nele deve se registrar todas as operações, com uma folha para cada espécie, marca, tipo e modelo de mercadoria. Isso torna imprescindível para empresas uma ERP bem amplo que fornaça uma estrutura para registro dessas informações.
Assim, a Receita Federal terá registrada no Bloco k do SPED Fiscal, as quantidades produzidas e os insumos consumidos em cada material intermediário ou produto acabado, podendo através desta informação, projetar o estoque de matéria-prima e de produto acabado do contribuinte. Além disso, contará também com as informações de industrialização efetuada por terceiros e dados dos comércios.

Curso Bloco K Sped Fiscal – Consulte-nos.

Atualize seu conhecimento!

Os Melhores Cursos e Treinamentos