1005 - Treinamento para Trabalho em Áreas Classificadas

1005 - Treinamento para Trabalho em Áreas Classificadas
Foto Ilustrativa

1005 – Treinamento para Trabalho em Áreas Classificadas

Nome Técnico: Treinamento para Trabalho em Áreas Classificadas - Código da Exigência eSocial: 1005

Referência: 35813

Ministramos em Idioma Técnico: Português, Inglês, Espanhol, Alemão, Mandarim, Cantonês, Japonês, entre outros.

1005 – Treinamento para Trabalho em Áreas Classificadas
O objetivo do Treinamento para Trabalho em Áreas Classificadas é instruir e conscientizar os profissionais quanto aos métodos e procedimentos seguros para realização de trabalhos em áreas classificadas, sendo fundamental que o treinamento seja aplicado por profissional devidamente capacitado e habilitado, visando garantir a segurança e saúde do trabalhador.

O que é Área Classificada?
Área com a presença de corrente de tensão e atmosfera explosiva, onde há probabilidade de ocorrência a ponto de apresentar necessidade da implementação de medidas de precaução especiais em sua construção, instalação e utilização de equipamentos elétricos.

Valor da Multa em caso de inexistência ou falha grave*
(* Valores para empresas de 26 a 50 empregados)
De R$ 8.221,57 a R$ 9.545,72

Escolha Seu Plano

100% Presencial

16 Horas - Com Experiência

Nossa Sede ou In Company DDD 11

Outros Locais Consultar

R$ 
Consultar

Por Pessoa/Turma (PagSeguro)

Semipresencial/Reciclagem

08hs EAD / 08hs Presenciais

Nossa Sede ou In Company DDD 11

Outros Locais Consultar

R$ 
Consultar

Por Pessoa/Turma (PagSeguro)

EAD (Ensino a Distância)

16 Horas - Com Experiência

Totalmente Online

Imperdível!

R$ 
Consultar

Por Pessoa/Turma (PagSeguro)

Preços Especiais

para Empresas/Turmas

Consulte

Conteúdo Programático

1005 – Treinamento para Trabalho em Áreas Classificadas

Introdução as atmosferas explosivas;
Prevenção da formação de atmosferas explosivas;
Fontes de ignição;
Instrumentos com segurança intrínseca;
Equipamentos elétricos;
Limites de inflamabilidade;
Identificação de perigos;
Zonas de risco;
Avaliação de riscos;
Determinação de medidas de controle;
Substâncias inflamáveis (características);
Travamentos e bloqueios de dispositivos e sistemas de manobra e comandos;
Restrições e impedimentos de acesso;
Delimitações de áreas;
Classificação das áreas segundo as nomas;
Tipos de EPI;
Movimentação de cargas;
Sinalização de impedimento de energização;
Zonas, grupos e subgrupos dos gases;
Identificação de circuitos elétricos;
Sinalização de áreas de circulação;
Identificação de equipamento ou circuito impedido.
Prevenção de acidentes;
Procedimentos e noções de primeiros socorros;
Exercícios práticos;
Percepção dos riscos e fatores que afetam as percepções das pessoas;
Impacto e fatores comportamentais na segurança;
Fator medo;
Consequências da Habituação do risco;
A importância do conhecimento da tarefa;
Avaliação Teórica e Prática;
Certificado de Participação.

Referências Normativas aos dispositivos aplicáveis e suas atualizações:
NR-06 – Equipamento de Proteção Individual – EPI;
NR-10 – Segurança em Instalações e Serviços em Eletricidade;
NR-18 – Condições e Meio Ambiente de Trabalho na Indústria da Construção;
NR-20 – Segurança e Saúde no Trabalho com Inflamáveis e Combustíveis;
NR-26 – Sinalização de Segurança;
ABNT IEC/TR 60079 – Equipamentos elétricos para atmosferas explosivas;
ABNT NBR IEC 60079 – Atmosferas explosivas;
ABNT NBR 14639 – Armazenamento de líquidos inflamáveis e combustíveis — Posto revendedor veicular (serviços) e ponto de abastecimento — Instalações elétricas;
ABNT NBR 5410 – Instalações elétricas de baixa tensão;
ABNT NBR 13759 – Segurança de máquinas – Equipamentos de parada de emergência – Aspectos funcionais – Princípios para projeto;
ABNT NBR ISO/CIE 8995 – Iluminação de ambientes de trabalho;
Protocolo 2015 Guidelines American Heart Association;
Protocolo 2017 – Atualizações Específicas nas Diretrizes 2017 American Heart Association p/ Suporte Básico de Vida em Pediatria/Adultos e Qualidade de Ressuscitação Cardiopulmonar.
Portaria GM N.2048 – Política Nacional de Atenção as Urgências;
ISO 45001 – Sistemas de gestão de saúde e segurança ocupacional – Requisitos com orientação para uso.

Atenção:
EAD (Ensino a Distância), Semipresencial
O Certificado EAD também conhecido como Online, conforme LEI Nº 9.394, DE 20 DE DEZEMBRO DE 1996. pode ser utilizado para:
Atividades Complementares;
Avaliações de empresas;
Concursos Públicos;
Extensão universitária;
Horas extracurriculares;
Melhora nas chances de obter  emprego;
Processos de recrutamento;
Promoções internas;
Provas de Títulos;
Seleções de doutorado;
Seleções de Mestrado;
Entras outras oportunidades.
Base Legal – Norma Técnica 54 Ministério do Trabalho
RESPONSABILIDADES – Como a capacitação em SST é obrigação trabalhista a ser fornecida pelo empregador a seus trabalhadores em razão dos riscos oriundos da atividade explorada, é de inteira responsabilidade do empregador garantir sua efetiva implementação, sujeitando-se às sanções administrativas cabíveis em caso de uma capacitação não efetiva ou ainda pela capacitação de má qualidade que não atenda aos requisitos da legislação. É indispensável observar que, ainda que se opte pela realização de capacitação em SST por meio de EAD ou semipresencial, é salutar que toda capacitação seja adaptada à realidade de cada estabelecimento. É que o trabalhador está sendo capacitado pelo empregador para atuar em determinado espaço, logo, uma capacitação genérica não irá atender às peculiaridades de toda e qualquer atividade econômica.veja na íntegra Nota Técnica 54 do Ministério do Trabalho MT Clique Aqui

Carga Horária

1005 – Treinamento para Trabalho em Áreas Classificadas

Participantes sem experiência:
Carga horária mínima = 40 horas/aula

Participantes com experiência:
Carga horária mínima = 16 horas/aula

Atualização (Reciclagem):
Carga horária mínima = 08 horas/aula

Atualização (Reciclagem): O empregador deve realizar treinamento periódico Anualmente e sempre que ocorrer quaisquer das seguintes situações:
a) mudança nos procedimentos, condições ou operações de trabalho;
b) evento que indique a necessidade de novo treinamento;
c) retorno de afastamento ao trabalho por período superior a noventa dias;
d) mudança de empresa;
e) Troca de máquina ou equipamento.

Certificado: Será expedido o Certificado para cada participante que atingir o aproveitamento mínimo de 70% (teórico e prático) conforme preconiza as Normas Regulamentadoras.

Critérios dos Certificados da Capacitação ou Atualização:
Nossos certificados são numerados e emitidos de acordo com as Normas Regulamentadoras e dispositivos aplicáveis:
Emissão da A.R.T. (Anotação de Responsabilidade Técnica);
Nome completo do funcionário e documento de identidade,;
Conteúdo programático;
Carga horária; Cidade, local e data de realização do treinamento;
Nome, identificação, assinatura e qualificação do(s) instrutor(es);
Nome, identificação e assinatura do responsável técnico pela capacitação;
Nome e qualificação do nosso Profissional Habilitado;
Especificação do tipo de trabalho e relação dos tipos de espaços confinados;
Espaço para assinatura do treinando;
Informação no Certificado que os participantes receberam DVD contendo material didático (Apostila, Vídeos, Normas etc.) apresentado no treinamento.
Evidencias do Treinamento: Vídeo editado, fotos, documentações digitalizadas, melhoria contínua, parecer do instrutor: Consultar valores.

Rescue Cursos

Nossos Cursos são completos e dinâmicos

Reproduzir vídeo

Saiba Mais: 1005 – Treinamento para Trabalho em Áreas Classificadas:

A classificação da área se dará nas condições de:
Gases e Vapores inflamáveis;
Poeiras e Fibras Combustíveis.
Com a classificação da área baseada na frequência e duração da ocorrência de uma atmosfera explosiva, surge a divisão de níveis de risco pelo conceito de zonas.

Como Identificar uma Atmosfera Explosiva?
Características dos Gases, Vapores Inflamáveis, Poeiras e Fibras Combustíveis.
Para fazer a classificação de uma área com atmosfera explosiva, é necessário determinar o tipo de substância inflamável presente no ambiente, as suas características, a probabilidade com que essa substância será liberada para o meio externo e as condições ambientais.

Os pontos principais para classificação das áreas são:
Verificar presença de substâncias inflamáveis (gases, vapores ou poeiras).
Verificar características das substâncias presentes, como: ponto de fulgor, limite de inflamabilidade e temperatura de ignição ou auto inflamação.
Verificar equipamentos e instalações.

CONCEITO DE ZONA DE RISCO
Áreas com possibilidades ou com presença de Gases e Vapores Infamáveis são classificadas como Zona 0, Zona 1 e Zona 2.
ZONA 0 – Local onde uma atmosfera explosiva na forma de gás, vapor ou névoa está presente, frequentemente, continuamente, ou por longos períodos.
ZONA 1 – Local onde uma atmosfera explosiva na forma de gás, vapor ou névoa poderá ocorrer, ocasionalmente em operação normal.
ZONA 2 – Local onde é improvável de ocorrer (em condições normais) uma atmosfera explosiva na forma de gás, vapor ou névoa, e se ocorrer será por um curto período de tempo.
Nota: equipamento certificado para Zona 1 também é adequado para Zona 2. Equipamento certificado para Zona 0 é adequado para Zonas 1 e 2.

Áreas com possibilidades ou presença de Poeiras Combustíveis são classificadas como Zona 20, Zona 21 e Zona 22.
ZONA 20 – Local onde uma atmosfera explosiva na forma de poeira combustível em nuvem no ar está presente frequentemente, continuamente, ou por longos períodos.
ZONA 21 – Local onde uma atmosfera explosiva na forma de poeira combustível em nuvem no ar poderá ocorrer, ocasionalmente em operação normal.
ZONA 22 – Local onde é improvável de ocorrer (em condições normais) uma atmosfera explosiva na forma de poeira combustível em nuvem no ar, e se ocorrer será por um curto período de tempo.
Nota: Equipamento certificado para Zona 21 também é adequado para Zona 22. Equipamento certificado para Zona 20 é adequado para Zonas 21 e 22.

A classificação de zona de risco (Zona 0, 1 e 2 para gases e vapores inflamáveis, e Zona 20, 21 e 22 para poeiras combustíveis) deve ser feita conforme Norma ABNT NBR IEC 60079-10 partes 1 e 2.

1005 – Treinamento para Trabalho em Áreas Classificadas: Consulte-nos.

Atualize seu conhecimento!

Os Melhores Cursos e Treinamentos