P.I.E. Prontuário das Instalações Elétricas NR 10

      Nenhum comentário em P.I.E. Prontuário das Instalações Elétricas NR 10

P.I.E. Prontuário das Instalações Elétricas NR 10 

O P.I.E. deve ser elaborado por profissional legalmente habilitado e consiste na organização de todas informações colhidas bem como todas as definições e orientações fornecidas pela auditoria.
O Prontuário pode ser uma pasta suspensa, arquivo magnético ou pasta tipo A-Z.
O P.I.E. é documento fundamental para atendimento a N.A.D. (Notificação para Apresentação de Documentos) exigidas por Auditoria Fiscal do M.T.E. , Seguradoras para recebimento de Prêmio, e demais auditorias fiscais de Órgãos Públicos.

O P.I.E. deve ser mantido atualizado pelas gerências dos setores de operação e manutenção ou alguém por eles designado, devendo permanecer a disposição dos empregados e da fiscalização das autoridades competentes.

Laudo PIE NR 10

Prontuário das Instalações Elétricas NR 10

ELABORAÇÃO DO PRONTUÁRIO DE INSTALAÇÕES ELÉTRICAS (PIE)  NR 10.
O PIE deve ser organizado e mantido atualizado pelo empregador ou pessoa formalmente designada pela empresa, devendo permanecer à disposição dos trabalhadores envolvidos nas instalações e serviços em eletricidade.
O Prontuário das Instalações Elétricas NR 10  P.I.E. é definido como um sistema organizado de informações pertinentes às instalações elétricas e aos trabalhadores que organiza o conjunto de procedimentos, ações, documentações e programas que toda empresa deverá possuir, a fim de se obter as melhores condições operacionais e de segurança para o sistema elétrico operacional.  segue abaixo alguns conteúdos do P.I.E. Prontuário das Instalações Elétricas NR 10:
Atividades a serem realizadas para elaboração do P.I.E. Prontuário das Instalações Elétricas NR 10.
Análise dos documentos e da organização sobre as instalações elétricas e dos documentos faltantes (desenhos e cálculos).
Análise dos documentos existentes sobre a classificação das áreas de risco
Análise dos relatórios e laudos de termográfica existentes.
Análise e organização da documentação comprobatória da qualificação, habilitação, capacitação e autorização dos trabalhadores e dos treinamentos realizados;
Análise e organização da documentação referente as cabines primárias.
Análise e organização de toda documentação referente ao Sistema de Proteção Contra Descargas atmosféricas (SPDA) da instalação.
Análise e suporte para elaboração do Plano de Emergência.
Análise sobre a organização de todos os procedimentos para intervenção e construções de instalações e serviços de eletricidade.
Análises sobre as aplicações de sinalizações adequadas para as áreas de ocupações dos sistemas elétricos.
Avaliações dos documentos e dados aplicáveis as instalações elétricas a prova de explosão.
Elaboração da descrição detalhada dos componentes da instalação, tais como: painéis elétricos, cabine de energia elétrica, identificação da tensão nas tomadas, advertências e etc.;
Elaboração de Planilha atualizada de motores.
Exames das relações e condições de conservação, uso, controle e distribuição de todos os equipamentos de proteção individual e coletivas.
Organização dos procedimentos de trabalhos e outros dados sobre as condições físicas das subestações e instalações nos pontos de geração de eletricidade.
Suporte na elaboração das APR dos pontos de instalações dos quadros, painéis elétricos, pontos de iluminação industrial, instalação dos motores elétricos, das subestações 13,8Kv e subestações secundárias.
Suporte na elaboração dos Planos de Manutenção.
Verificação das ARTs.
P.I.E. Prontuário das Instalações Elétricas NR 10:
Verificação e organização da documentação referente as Certificações dos equipamentos e materiais elétricos em áreas classificadas;
Verificação local dos equipamentos de proteção individual e coletiva, bem como de ferramentas adotadas e utilizadas nos diversos trabalhos de manutenção e instalações em eletricidade.
Verificação sobre os atuais desenhos que se aplicam aos assuntos relacionados a iluminação, ventilação, refrigeração e força, bem como os procedimentos de trabalhos elétricos que a eles se aplicam.
Verificação sobre os procedimentos de trabalhos e aplicações para a Segurança Operacional Pessoal.
Verificações sobre o uso e procedimentos de trabalhos que visam Bloqueios elétricos das Instalações.

P.I.E. Prontuário das Instalações Elétricas NR 10:
A necessidade do PIE é exigida no item 10.2.4 para instalações com carga instalada acima de 75 kW.  item 10.2.3.
As empresas estão obrigadas a manter esquemas unifilares atualizados das instalações elétricas dos seus estabelecimentos com as especificações do sistema de aterramento e demais equipamentos e dispositivos de proteção.
Subitem 10.2.4 Os estabelecimentos com carga instalada superior a 75 kW devem constituir e manter o Prontuário de Instalações Elétricas, contendo, além do disposto no item 10.2.3, no mínimo:
a) conjunto de procedimentos e instruções técnicas e administrativas de segurança e saúde, implantadas e relacionadas a esta NR e descrição das medidas de controle existentes;
b) documentação das inspeções e medições do sistema de proteção contra descargas atmosféricas e aterramentos elétricos;
c) especificação dos equipamentos de proteção coletiva e individual e o ferramental, aplicáveis conforme determina esta NR;
d) documentação comprobatória da qualificação, habilitação, capacitação, autorização dos trabalhadores e dos treinamentos realizados;
e) resultados dos testes de isolação elétrica realizados em equipamentos de proteção individual e coletiva;
f) certificações dos equipamentos e materiais elétricos em áreas classificadas;
g) relatório técnico das inspeções atualizadas com recomendações, cronogramas de adequações, contemplando as alíneas de “a” a “f”. Em relação ao treinamento temos: item 10.7.1.
Os trabalhadores que intervenham em instalações elétricas energizadas com alta tensão, que exerçam suas atividades dentro dos limites estabelecidos como zonas controladas e de risco, conforme Anexo I, devem atender ao disposto no item 10.8 desta NR 10.7.2.
Os trabalhadores de que trata o item 10.7.1 devem receber treinamento de segurança, específico em segurança no Sistema Elétrico de Potência (S.E.P.) e em suas proximidades, com currículo mínimo, carga horária e demais determinações estabelecidas no Anexo II desta NR. 10   item 10.7.3.
Os serviços em instalações elétricas energizadas em AT (Alta Tensão), bem como aqueles executados no Sistema Elétrico de Potência – S.E.P. não podem ser realizados individualmente.
CURSO COMPLEMENTAR – SEGURANÇA NO SISTEMA ELÉTRICO DE POTÊNCIA (SEP) E EM SUAS PROXIMIDADES. É pré-requisito para frequentar este curso complementar, ter participado, com aproveitamento satisfatório, do curso NR 10 Básico definido anteriormente. Carga horária mínima – 40h

Saiba mais sobre o P.I.E. Prontuário das Instalações Elétricas NR 10:
NBR 5410, NBR 5419 E NBR 15749
Você sabia que estas normas foram lincadas?
Em 26/06/2015 foi liberada a nova revisão norma ABNT NBR 5419-2015 que trata das instalações do sistema de proteção contra descargas atmosférica – SPDA. A aplicabilidade da norma foi de 60 dias e, portanto, a partir de 26/08/2015 todas as empresas deverão atender as suas especificações visando uma padronização e um melhor sistema de proteção contra descargas.

P.I.E. Prontuário das Instalações Elétricas NR 10:
A norma passou de 42 páginas na versão 2005 para 304 na versão 2015, onde deverão ser analisadas várias situações e variações de riscos.
Como resumo podemos concluir:
P.I.E. Prontuário das Instalações Elétricas NR 10

01- A norma saiu de uma análise superficial da estrutura, para uma análise gerencial de riscos e medidas de controle visando o aumento da eficiência do sistema de proteção contra descarga atmosférica. Diante das novas determinações, todas as empresas deverão providenciar:
02- Análise gerencial de risco. Perdas mecânicas, estruturais e vidas, todas interligadas e dependentes em cada classificação estrutural;
03-A composição do solo onde está localizado a empresa através da medição da resistividade do solo;
04-O projeto de sistema de proteção de descarga atmosférica para adequação do sistema de PDA;
05-Manter e controlar todo o histórico de manutenção deste sistema.
06-A medição do sistema de para raios com a referência dos 10 Ohms não existe mais.
07- Deverá ser realizada a medição da resistividade do solo.
P.I.E. Prontuário das Instalações Elétricas NR 10:
08-Não há mais nenhuma norma com o valor de referência para o sistema de aterramento de 10 Ohms.
E as medições do sistema de aterramento agora deverão atender a norma NBR 15749/2009-Medição de resistência de aterramento e de potenciais na superfície do solo em sistemas de aterramento.Considerações A) Não se trata apenas de alteração de norma e sim inclusão de novos dispositivos de proteção na linha de periféricos que adentram no estabelecimento desde cabos de energia até os cabos de telefonia, gás, antena coletiva entre outros. B) Tudo deve ser analisado para compor o sistema. O sistema pode ser dividido em duas partes: Sendo um SPDA composto de captação, descida e sistema de aterramento e outro de PDA composto de dispositivos supressores de surto a ser analisado e calculado conforme a capacidade de corrente de curto circuito do estabelecimento. Este cálculo está lincado na NBR 5410-Instalações elétricas de baixa tensão, para calculo das vestimentas. Ou seja, agora o círculo se fechou. As três normas estão lincadas e dependentes entre si. NBR 5419, NBR 5410 e NBR 15749. A nossa Empresa  está habilitada e qualificada a prestar todos estes serviços através de softwares de gerenciamento de risco, projetos do sistema de SPDA, instrumentos de medição como estratificador de solo para medição da resistividade do solo, micro-ohmímetro para medição da linha de aterramento e dispersão do solo e outros instrumentos como o Alicate para medição da resistência de aterramento (todos calibrados e certificados conforme padrão RBC) de maneira a compor e gerenciar toda a documentação necessária para o atendimento da nova versão das normas. Passamos de uma folha com o cálculo de classificação, para um projeto do sistema de SPDA a ser entregue em folha padrão A1 com todo o descritivo construtivo do sistema e também um caderno de especificação técnica onde consta todas as variáveis do gerenciamento e risco adotado, pois cada gerenciamento de risco é diferente e deverá interagir entre eles. Todos os estabelecimentos deverão estar adequados no momento de sua renovação, ou pelo menos, sendo gerado este projeto para adequação futura. Não podemos mais emitir o laudo de OK como pede o corpo de bombeiros no anexo R, sem verificar todas as variáveis, gerenciamento de risco e PDA. A classificação do nível de proteção teve maior alteração na norma.
P.I.E. Prontuário das Instalações Elétricas NR 10: Consulte-nos.