Laudo de Periculosidade para Motoqueiros NR 16

      Comentários desativados em Laudo de Periculosidade para Motoqueiros NR 16

Laudo de Periculosidade para Motoqueiros NR 16

O objetivo do Laudo de Periculosidade para Motoqueiros NR 16 é verificar as condições de uso da motocicleta ou motoneta utilizada pelo colaborador, estabelecer evidência de que o veículo atinge e mantêm os parâmetros de funcionamento e definir medidas de melhorias para garantir a Segurança e Saúde dos trabalhadores que atuam constantemente nas ruas.

Laudo de Periculosidade para Motoqueiros NR 16

Laudo de Periculosidade para Motoqueiros NR 16

Escopo do Laudo de Periculosidade para Motoqueiros NR 16:
Inspeção visual externa;
Integridade do equipamento;
Verificação do Óleo;
Verificação do Motor;
Verificação dos Freios;
Verificação dos Pneus;
Verificação da embreagem;
Verificação da condição da bateria;
Estabelecer programa de manutenção da motocicleta ou motoneta;
Verificar EPI: capacete certificado no âmbito do SINMETRO e vestimentas de trabalho com proteções, integradas ou não, para joelho, cotovelo, coluna e ombros.
Laudo com ART – Anotação de Responsabilidade Técnica.

Saiba mais sobre Laudo de Periculosidade para Motoqueiros NR 16:
Anexo 5 da NR-16 (Atividades com Motocicletas)
Portaria SIT n.º 546, de 15 de junho de 2016
1 – O empregador de trabalhadores em atividades com motocicleta ou motoneta deve:
a – estabelecer programa de manutenção da motocicleta ou motoneta;
b – implementar programa de prevenção de acidentes;
c – fornecer, em perfeito estado de conservação e funcionamento, gratuitamente, capacete certificado no âmbito do SINMETRO e vestimentas de trabalho com proteções, integradas ou não, para joelho, cotovelo, coluna e ombros.
2 – As atividades laborais com utilização de motocicleta ou motoneta no deslocamento de trabalhador em vias públicas são consideradas perigosas.
3 – Não são consideradas perigosas, para efeito deste anexo:
a – a utilização de motocicleta ou motoneta exclusivamente no percurso da residência para o local de trabalho ou deste para aquela;
b – as atividades em veículos que não necessitem de emplacamento ou que não exijam carteira nacional de habilitação para conduzi-los;
c – as atividades em motocicleta ou motoneta em locais privados;
d – as atividades com uso de motocicleta ou motoneta de forma eventual;
e – as atividades em que o uso da motocicleta ou motoneta seja inferior a 20% da jornada de trabalho.
Laudo de Periculosidade para Motoqueiros NR 16: Consulte-nos