Curso Trabalho em Altura NR 35

Conteúdo Programático: Curso NR 35 Segurança nos Trabalho  em Altura
Objetivo: Nosso Curso de NR 35 Trabalho em Altura  presencial  teórico e prático estabelece os requisitos e as medidas de proteção para o trabalho em altura, envolvendo o planejamento, a organização e a execução, de forma a garantir a segurança e a saúde dos trabalhadores envolvidos direta ou indiretamente com a atividade.

Clique aqui e assista vídeo de treinamento Trabalho em Altura NR 35 realizado em nosso cliente L.D.C. Uruguai.

Programa: Curso NR 35 Segurança nos Trabalho  em Altura
a) normas e regulamentos aplicáveis ao trabalho em altura;
b) análise de Risco e condições impeditivas do trabalho em altura
c) riscos potenciais inerentes ao trabalho em altura e medidas de prevenção e controle;
d) sistemas, equipamentos e procedimentos de proteção coletiva;
e) equipamentos de Proteção Individual para trabalho em altura: seleção, inspeção, conservação e limitação de uso;
f) acidentes típicos em trabalhos em altura;
g) condutas em situações de emergência, incluindo noções de técnicas de resgate e de primeiros socorros nos trabalhos em altura.

Carga horária do Curso NR 35 Trabalho em Altura:
NÍVEL 01 :  08 HORAS/AULA (MÍNIMO) TRABALHADOR
NÍVEL 02: 16 HORAS/AULA
NÍVEL 03: 24 HORAS/AULA
NÍVEL 04 : 40 HORAS/AULA  SUPERVISOR DE TRABALHO EM ALTURA

CERTIFICAÇÃO do Curso NR 35 Trabalho em Altura  Será expedido o Certificado para cada participante que atingir o aproveitamento mínimo de 70% (teórico e prático) conforme preconiza as Normas Regulamentadoras.

Atualização (Reciclagem) do Curso NR 35 Trabalho em Altura
NR 35 Item
35.3.3 O empregador deve realizar treinamento periódico bienal e sempre que ocorrer quaisquer das seguintes situações:
a) mudança nos procedimentos, condições ou operações de trabalho;
b) evento que indique a necessidade de novo treinamento;
c) retorno de afastamento ao trabalho por período superior a noventa dias;
d) mudança de empresa.35.3.3.1 O treinamento periódico bienal deve ter carga horária mínima de oito horas, conforme conteúdo programático definido pelo empregador.

IMPORTANTE: Para execução de Trabalhos em Altura, Espaço Confinado se faz necessário o Supervisor de Altura (Curso de 40 horas/aula) ou Supervisor de Espaço Confinado (Curso de 40 horas/aula) e Equipe de Resgate, composta de profissionais com proficiência, que durante a execução dos trabalhos devem permanecer full time a disposição, conforme preconiza a Normas NR 10, NR 35, NR 33, NR 34 entre outras. a participação do Supervisor de Trabalho em Altura é obrigatória no procedimento e para se tornar supervisor de trabalho em altura não basta ter curso de trabalho em altura nível trabalhador carga horária minima 08 horas/aula.

Curso Trabalho em Altura

Curso Trabalho em Altura

Saiba mais sobre Curso Trabalho em Altura NR 35
a) Normas e regulamentos aplicáveis ao trabalho em altura; O treinamento deve incluir, além dos dispositivos aplicáveis desta Norma, os demais aplicáveis de outras Normas Regulamentadoras ou normas técnicas que possam ter interferência com o trabalho em altura. Devem também ser considerados os procedimentos internos da empresa para trabalho em altura. b) Análise de Risco e condições impeditivas; O trabalhador deve ser treinado a conhecer e interpretar as análises de risco, podendo contribuir para o aprimoramento das mesmas, assim como identificar as possíveis condições impeditivas à realização dos serviços durante a execução do trabalho em altura. São consideradas condições impeditivas as situações que impeçam a realização ou continuidade do serviço que possam colocar em risco a saúde ou a integridade física do trabalhador. c) Riscos potenciais inerentes ao trabalho em altura e medidas de prevenção e controle; d) Sistemas, equipamentos e procedimentos de proteção coletiva; O treinamento deve compreender o conhecimento teórico e prático da utilização dos equipamentos de proteção coletiva aplicáveis às atividades em altura que o trabalhador irá desenvolver e suas limitações de uso. e) Equipamentos de proteção individual para trabalho em altura: seleção, inspeção, conservação e limitação de uso; O treinamento deve compreender o conhecimento teórico e prático da utilização dos equipamentos de proteção individual aplicáveis às atividades em altura que o trabalhador irá desenvolver e suas limitações de uso f) Acidentes típicos em trabalhos em altura; São os acidentes mais comuns e os acidentes específicos relacionados ao ramo de atividade da empresa e ao tipo de atividade que o trabalhador exerce. g) Condutas em situações de emergência, incluindo noções de técnicas de resgate e de primeiros socorros. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *