Curso Reciclagem de NR 10 Básico

      Nenhum comentário em Curso Reciclagem de NR 10 Básico

Curso Reciclagem de NR 10 Básico

Curso Reciclagem NR 10

Curso Reciclagem NR 10

Conteúdo Programático:
Preparar os  participantes  para lidar com eletricidade de forma correta e segura
Acidentes de origem Elétrica: Causas diretas;
Discussão e análise de casos reais.
Documentação das Instalações Elétricas: Prontuário das Instalações; Laudos de conformidade, registros e relatórios de inspeções;
Auditoria
Prevenção de Acidentes +Primeiros Socorros

Carga Horária:
Atualização(Reciclagem)   – Carga horária  mínima = 08 horas/aula

CERTIFICAÇÃO: Será expedido o Certificado para cada participante que atingir o aproveitamento mínimo de 70% (teórico e prático) conforme preconiza as Normas Regulamentadoras.

Atualização (Reciclagem):  NR 10 Item 10.8.8.2 Deve ser realizado um treinamento de reciclagem bienal e sempre que ocorrer alguma das situações a seguir:
a) troca de função ou mudança de empresa;
b) retorno de afastamento ao trabalho ou inatividade, por período superior a três meses;
c) modificações significativas nas instalações elétricas ou troca de métodos, processos e organização do trabalho.

IMPORTANTE: Para execução de Trabalhos em Altura, Espaço Confinado se faz necessário o Supervisor de Altura (Curso de 40 horas/aula) ou Supervisor de Espaço Confinado (Curso de 40 horas/aula) e Equipe de Resgate, composta de profissionais com proficiência, que durante a execução dos trabalhos devem permanecer full time a disposição, conforme preconiza a Normas NR 10, NR 35, NR 33, NR 34 entre outras.

Saiba mais sobre o que o Curso de Reciclagem NR 10 Básico pode te oferecer:
Existem muitas fontes de energia que podem representam um risco potencial para os trabalhadores na indústria. Por esta razão, a diretriz americana 21 CFR 1910.147 e as diretrizes europeias para o local de trabalho, exigem que as máquinas e outros equipamentos de trabalho sejam separados da alimentação de energia e, deste modo, protegidos e excluída uma religação acidental.
Lock Out Tag Out – mundialmente em evolução
Os programas Lock Out Tag Out (trava contra religação/identificação, LOTO) continuam a evoluir na Europa e não são mais vistos como uma mera solução de segurança americana. O número crescente de empresas mundialmente, as quais desenvolvem processos LOTO, indica que a indústrias segue exemplos “best practice”.
De acordo com a legislação europeia, um programa Lock Out Tag Out no local de trabalho não é obrigatório, mas existem exigências especiais, que podem ser cumpridas através do processo LOTO. Assim, se aplicado um processo LOTO, ele deve estar de acordo com a legislação americana 21 CFR 1910.147. Esta determina que uma empresa deve implantar, no mínimo, as seguintes exigências:
Desenvolvimento de uma estratégia geral Lock Out Tag Out
Elaboração de uma lista de máquinas, as quais necessitam de um processo Lock Out Tag Out.
Garantia de que todos os equipamentos necessários para o bloqueio e identificação de uma máquina estão disponíveis
Desenvolvimento de um processo LOTO para as máquinas designadas
Aprendizagem e treinamento do pessoal para identificação de energia perigosa e processo LOTO.
Oferecemos   pacote completo para um sistema LOTO, composto por dois níveis: Análise Lock Out Tag Out e Desenvolvimento de processo Lock Out Tag Out. Ambas as soluções foram combinadas por nós em um pacote prático, de acordo com suas necessidades.
No âmbito do Lock Out Tag Out   desenvolvemos processo Lock Out Tag Out customizado, para controlar com segurança energias perigosas analisar as instalações existente e processos desenvolver novos processos de acordo com as exigências legais, instalar placas Lock Out Tag Out claras na instalação.
Desenvolver alternativas para o trabalho em máquinas, nas quais a separação da alimentação de energia geral não é necessária na execução de pequenos trabalhos de manutenção.
Beneficie-se de um caminho simples, seguro e eficiente para implantação de Lock Out Tag Out em sua instalação.

Veja através da identificação clara de tarefas de manutenção, onde ocorrem medidas de segurança alternativas ou a instalação é desligada parcialmente.