Curso Plano de Rigger

      Comentários desativados em Curso Plano de Rigger

Curso Plano de Rigger

Plano de Rigging são técnicas de movimentação de cargas. O objetivo do curso é capacitar profissionais na supervisão e assistência de atividades de planejamento de movimentação de cargas envolvendo guindastes e demais equipamentos para movimentação de cargas, tais como guindastes, guindauto, gruas e pontes rolantes, com ênfase prática na análise e elaboração de Planos de Rigging.

Curso Plano de Rigger

Curso Plano de Rigger

Curso Plano de Rigger:
I- Abordagem: Teórica e prática.
O guindaste e seus componentes
01- Introdução sobre guindastes;
Apresentação dos equipamentos;
Principais aplicações;
Grupos e componentes;
Elementos técnicos dos guindastes;
02- Tabelas de Carga:
Apresentação das tabelas de cargas;
Capacidade do guindaste;
Leitura de tabelas de cargas;
Particularidades e informações;
03-Componentes Técnicos da Operação:
Ângulo da lança;
Carga;
Comprimento da lança;
Fator de Segurança;
Quadrantes de operação;
Raio de Trabalho;
Taxa de Ocupação;
Curso Plano de Rigger:
04- Física aplicada ao guindaste:
Centro de gravidade;
Eixo de tombamento;
Matemática básica;
Momento da Carga;
Princípio da Alavanca;
05- Riscos envolvidos e segurança da operação:
Amarração da carga;
Área da operação;
Desmontagens;
Desnivelamento;
Eletricidade;
Içamento lateral e excêntrico;
Interferências;
Locomoção;
Materiais de içamento;
Medidas de proteção individual e coletiva;
Movimentações irregulares;
Patolamento; consiste em estender os braços das sapatas e abaixar as sapatas até o solo. Isto porque o correto do é a condição fundamental para uma operação segura. Além disso, este procedimento é necessário para qualquer tipo de operação efetuada com guindaste
Percepção e análise dos riscos;
Queda livre;
Sinalização;
Sobrecarga;
Solo/Terreno;
Vento;
Curso Plano de Rigger:
06- Noções de Operação do guindaste:
Acessórios de içamento;
Amarração da carga;
Determinação do número de pernas de Cabo;
Espaço de Abertura/Montagem de Lança;
Nivelamento;
Posicionamento e patolamento;
Sinalização da operação;
Utilização do moitão/bola;
Verificação da capacidade do guindaste;
07- Operação com 2 ou mais guindastes:
Cálculo do sistema;
Centros de gravidade de peças;
Exigências;
Operação com duas pontes rolantes;
Planejamento;
Verificações;
08- Peso da carga:
Cálculo do peso;
Centro de gravidade da carga;
Conversão de unidades;
Içamento na água;
Matemática básica;
Medidas métricas;
09- Materiais de Içamento:
Balancins e vigas de içamento;
Corda guia;
Critérios de aceitação;
Ganchos, olhais especiais rud;
Manuseio dos materiais de içamento;
Quais acessórios usar;
Quando usar: cinta, cabo, manilha reta e ou curva;
Tipos de amarração;
Tipos de materiais de içamento;
Curso Plano de Rigger:
10- Responsabilidades:
Área da movimentação de cargas;
Guindaste;
Legislação;
Operação;
Pessoal envolvido;
Sinalização;
II- Treinamento prático: PLANO DE RIGGING
01- Medição de campo:
Avaliação prévia;
Montagem do guindaste;
Patolamento;
Posicionamento;
Tipo de sinalização;
Verificação da carga;
02- Esboços:
Aplicação em AutoCad;
Escalas com régua;
Informações complementares;
Interferências;
Legenda dos desenhos;
Usando o milimetrado;
Vistas;
03- Plano de Rigging:
Amarração da Carga;
Aprovações e responsabilidades;
Condições operacionais;
Escolha do guindaste, grua, guindauto, ponte rolante;
Escolha dos acessórios de içamento;
Informações de solo;
Inserção dos desenhos;
Segurança e sinalização;
Simulação da operação;
Curso Plano de Rigger:
04- Alterações:
Atenção de processo;
Erros comuns;
Revisão de cálculos;
Revisões;
Normas: *ABNT NBR 11099, DIN ISO, NR 35, NR 12, NR 34, ANSI ASME, N1965 PETROBRAS Entre outras normas aplicáveis em movimentação de cargas e pessoas.

Carga Horária  Curso Plano de Rigger:
Capacitação: Carga horária  mínima = 40 horas/aula
Atualização (Reciclagem):  Carga horária  mínima = 08 horas/aula

Certificado: Será expedido o Certificado para cada participante que atingir o aproveitamento mínimo de 90% (teórico e prático) conforme preconiza as Normas Regulamentadoras. 

Atualização (Reciclagem): É recomendável anualmente ou se ocorrer evento que indique a necessidade de atualização.

Observações gerais:
Treinamento para Engenheiros, técnicos, Supervisores, encarregado que devem ter noção de trigonometria e noção de uso com calculadora cientifica – Enfase em Plano de Rigging.
Critério de avaliação: Teoria: prova escrita com questões abertas e fechadas.
Prática: prova operacional com cumprimento de requisitos avaliativos. 

Pré-requisitos: Profissional com experiência na atividade de movimentação de cargas. Ensino médio completo. Habilidades em matemática, principalmente geometria e trigonometria. Conhecimento em AutoCad 2D e 3D (caso aplicável para quem for desenvolver em AutoCad)

Recursos necessários:
Auditório ou espaço próprio para treinamento (e número de participantes), com projetor multimídia eletrônico (data-show com entrada HDMI) e quadro branco.
Alunos devem levar: Lápis, borracha, régua, caneta azul e vermelha, caderno, Calculadora que extraia raiz quadrada, seno, cosseno, tangente. Computador com o software AutoCad versão 2008 a 2013 (caso aplicável/não obrigatório).
Curso Plano de Rigger: Consulte-nos.