Curso Instrutor de Espaço Confinado e Trabalho em Altura

      Comentários desativados em Curso Instrutor de Espaço Confinado e Trabalho em Altura

Curso Instrutor de Espaço Confinado e Trabalho em Altura

Detecção de Gases e Ventilação em Espaços Confinados:
Teoria de gases perigosos;
Tóxicos,  Inflamáveis,  Explosões,  Asfixiantes;
Técnicas de medição de gases aplicada a espaço confinado;
Estratégia de amostragem (O que amostrar, quando e onde?);
Critérios de indicação e uso de equipamentos para controle de riscos;
Calibração e teste de resposta de instrumentos para medidas atmosféricas;

 

Curso Instrutor de Espaço Confinado e Altura

Curso Instrutor de Espaço Confinado e Trabalho em Altura

Funcionamento de equipamentos utilizados;
Princípio de ventilação em espaços confinados;
Exercício teórico de ventilação em espaços confinados;
Atmosferas Explosivas:
Área classificada,  norma internacional – IEC, Norma nacional – ABNT, Certificação INMETRO, Código IP (Ingress Protection),  Equipamentos elétricos,
Tipos de proteção, Marcação,  Aterramento,  Eletricidade estática.
Combate a incêndio: Noções de Prevenção e Combate a Incêndio;
Materiais e equipamentos: Material de uso individual e coletivo, EPIs, EPCs,
Materiais rígidos e flexíveis;
Flexíveis: cordas, fitas e cintos, talabartes, ABS;
Rígidos: mosquetões, talabartes, ID, Grigri, freio oito, trava quedas, jumar, polias
Proteção contra quedas, Fator de quedas, Práticas seguras;
Técnicas de ancoragem: Sistemas de Redução, Alpinismo Industrial e Resgate, Equalização de Ancora;
Nós e voltas:
Demonstração e Execução:
Nós Oito duplo guiado, Coelho, Borboleta, Meia Volta, Fiel, Prursik, Pescador, Calafate, Utilização Correta;
Desenvolvimento do Sistema de Redução:
Montagem de Sistema 4X1 e 2X1, Cavalos com Utilização dos Sistemas 3X1 e 4X1, Sistema Mochila e Minhoca;
Prática em Campo:
Ascensão e Dissenção em cordas, Transferências: Curta, Longa, Simulações de Entrada e Saída em Espaço Confinado, Simulações de Resgate Simples com Movimentadores e Ventilação, Simulações de Resgate com Situações IPVS;
Noções de Resgate em Espaço Confinado:
Teoria de Resgate Técnico em Espaços Confinados, Modos de Operação e Fiscalização na Formação de Equipes de Resgate;
Resgate com Cordas:
Resgate de Alpinistas com o uso de Cinto, Imobilizadores e Fraldão;
Resgate com Macas:
Resgate e Movimentação de Vítimas com STR e Mamute;
Liberação de Serviço a Quente:
Proteção Respiratória / Proteção Autônoma:
Legislação e Normas de Segurança;
Responsabilidades do Empregador e do Empregado;

Normas e regulamentos aplicáveis ao trabalho em altura;
NR 01 – Disposições Gerais;
NR 06 – EPI – Equipamentos de Proteção Individual;
NR 07 – PCMSO – Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional;NR 35 – Trabalho em Altura;
NR 18 – Condições e Meio Ambiente de Trabalho na Indústria da Construção.;
NFPA 1983 – Norma sobre Linha de Vida e Componentes de Segurança de Incêndio;
NFPA 1006 – Norma para Qualificação de Técnicos Profissionais de Resgate;
NFPA 1670 – Norma para Treinamentos e Operações Técnicas de Busca e Regate em Incidentes;
NBR 15.475 – Qualificação dos Profissionais Acessos por Corda;NBR 15.595 – Acesso por Corda Procedimentos para Aplicação do método;
NBR 16325-2 Dispositivo de Ancoragem tipo C;
NBR 16325-1 Dispositivo de Ancoragem tipo A.B.D.
Considerações:
1- Resgate e Instrutoria  é coisa séria: Se os participantes  não tiverem boa experiência em trabalhos em espaços confinados a nível autorizados vigia /Supervisor e capacitação como Pronto Socorrista, vão ter dificuldade para com os exercícios teóricos e práticos  e não conseguirão atingir o aproveitamento mínimo de 80%.
2- A certificação terá validade acompanhada das Certificações de Supervisor de Espaço Confinado e Pronto Socorrista  e NR 35 Supervisor de Altura.