Curso Espaço Confinado Supervisor de Entrada NR 33

      Nenhum comentário em Curso Espaço Confinado Supervisor de Entrada NR 33

Conteúdo programático: Curso Espaço Confinado Supervisor de Entrada NR 33
O curso espaço confinado supervisor de Entrada é ministrado em conformidade com a Norma Regulamentadora NR 33, parágrafo 33.3.5.4 da Portaria 3214/78 e suas atualizações.

Clique aqui e assista vídeo de treinamento prático que  realizamos no Uruguai

Programa: Curso Espaço Confinado Supervisor de Entrada NR 33
1. Definições, reconhecimento, avaliações, monitoramento e controle de riscos
2. Deveres e responsabilidades de vigias, trabalhadores e supervisores
3. Medidas de controle
3.1 Riscos físicos
3.2 Riscos químicos
3.3. Riscos biológicos
3.4. Riscos ergonômicos
3.5 Riscos de acidentes
4. Monitoramento com aparelhos detectores
5. Identificação dos espaços confinados
6. Formas de comunicação entre a equipe, vigias e grupo de resgate
7. Conceitos e práticas sobre equipamentos de segurança
7.1. Tipos de equipamento de segurança: EPI e EPC
7.2 Funcionamento de equipamentos de segurança
7.3 Inspeção dos equipamentos e itens de segurança
08. Critérios de indicação e uso de equipamentos para controle de riscos
09. Operação de equipamentos utilizados
10. Procedimentos e utilização da permissão de entrada e trabalho em espaços confinados
11.Prevenção de Acidentes+ Primeiros Socorros,  Técnicas de resgate específicos em espaço confinado.
11.1. Proteção respiratória
11.2. Uso de equipamentos para movimentação de vítima do interior de espaço confinado com uso de prancha móvel.
1 1.3 Prática de proteção respiratória com uso de purificador de ar, autônomo e de ar mandado
11.4 Prática de utilização do trava queda resgatador.e Prática de RCPC – Ressuscitação Cardiopulmonar-Cerebral – com uso de manequim simulador,uso de colar cervical e transporte de vítima em prancha apropriada.
11.5 Procedimentos práticos de simulação para retirada de vítimas em espaço confinado.

Solução educacional:  Curso Espaço Confinado Supervisor de Entrada NR 33
Treinamento teórico-prático realizado em salas de treinamento, com foco no desenvolvimento da percepção de riscos, nas práticas de saúde e segurança e na prevenção de acidentes por meio da apresentação de conceitos, procedimentos e equipamentos utilizados em atividades realizadas em espaços confinados.
As estratégias para apresentação do conteúdo são desenvolvidas por meio: da exposição de casos de risco para análise e avaliação dos empregados; do manuseio de equipamentos de proteção e equipamentos de operação; da análise de fotos, ilustrações e vídeos, apontando acertos e erros de conduta segura relacionados às atividades realizadas em espaço confinado; da realização de exercícios de fixação.
O fechamento do treinamento ocorre com a realização de uma avaliação de aprendizagem.

Carga Horária:
Capacitação: Carga horária  mínima = 40 horas/aula
Atualização (Reciclagem)   – Carga horária  mínima = 08 horas/aula

CERTIFICAÇÃO: Será expedido o Certificado do Curso Espaço Confinado Supervisor de Entrada NR 33  para cada participante que atingir o  aproveitamento mínimo de 70% (teórico e prático) conforme preconiza as Normas R

Atualização (Reciclagem): NR 33 ITEM 33.3.5.3 Todos os trabalhadores autorizados, Vigias e Supervisores de Entrada devem receber capacitação periódica a cada 12 meses, com carga horária mínima de 8 horas. (Alterado pela Portaria MTE n.º 1.409, de 29 de agosto de 2012).
33.3.5.2 O empregador deve desenvolver e implantar programas de capacitação sempre que ocorrer qualquer das seguintes situações:
a) mudança nos procedimentos, condições ou operações de trabalho;
b) algum evento que indique a necessidade de novo treinamento; e
c) quando houver uma razão para acreditar que existam desvios na utilização ou nos procedimentos de entrada nos espaços confinados ou que os conhecimentos não sejam adequados.

espaço confinado

Treinamento de Espaço Confinado

Saiba mais sobre o Curso Espaço Confinado Supervisor de Entrada NR 33
NR-33 – Segurança e Saúde nos Trabalhos em Espaços Confinados
33.1 Objetivo e Definição
33.1.1 A Norma NR 33 tem como objetivo estabelecer os requisitos mínimos para identificação de espaços confinados e o reconhecimento, avaliação, monitoramento e controle dos riscos existentes, de forma a garantir permanentemente a segurança e saúde dos trabalhadores que interagem direta ou indiretamente nestes espaços.
33.1.2 Espaço Confinado é qualquer área ou ambiente não projetado para ocupação humana contínua, que possua meios limitados de entrada e saída, cuja ventilação existente é insuficiente para remover contaminantes ou onde possa existir a deficiência ou enriquecimento de oxigênio.
Curso Espaço Confinado Supervisor de Entrada NR 33

Um espaço  ao ser inspecionado e liberado pode não apresentar deficiência ou excesso de oxigênio nem presença de gases/vapores tóxicos e/ou combustíveis, porém, poderá ter esta condição alterada durante a execução do trabalho, em razão da própria atividade ou de atividades externas. É o caso, por exemplo, de soldagens, pinturas, limpeza de superfícies com solventes etc, que só provocarão alterações no ambiente no momento de sua execução.
Mais importante ainda é a compreensão do enunciado do item 33.1.2. Da forma como está redigido, pode haver o entendimento que um espaço só será considerado “confinado” se todas as condições existirem simultaneamente: que não seja projetado para ocupação humana contínua (e) que possua meios limitados de entrada e saída (e) cuja ventilação existente é insuficiente para remover contaminantes ou onde possa existir a deficiência ou enriquecimento de oxigênio. A definição dada pela OSHA e pelo NIOSH, entretanto parece mais apropriada e talvez possa melhor esclarecer o entendimento.