Curso Condutor de Ambulância

      Nenhum comentário em Curso Condutor de Ambulância

Curso Condutor de Ambulância

Sinopse: O  curso de  Condutor de Ambulância visa  habilitar os participantes, este curso aborda todos os aspectos relacionados ao atendimento emergencial de primeiros socorros a diferentes vítimas nas mais diversas situações, tornando-os totalmente capacitados para agir de forma segura e eficaz até a chegada do serviço médico de emergência ao local do acidente.

Treinamento para Condutor de Ambulância

Curso Condutor de Ambulância

Objetivos de Aprendizagem:
Ao final da capacitação, o profissional deverá:
Compreender noções básicas de atendimento inicial às vítimas de acidentes;
Identificar o tipo de emergência clínica apresentada; aplicar técnicas e procedimentos de Primeiros Socorros para o atendimento inicial apropriados a cada tipo de emergência;
Aplicar os conceitos e procedimentos necessários para obter suporte básico de vida;
Aplicar corretamente os conceitos e procedimentos para o caso de sangramentos graves;
Aplicar corretamente os procedimentos e técnicas para movimentar vítimas de acidentes;          Aplicar corretamente os procedimentos e técnicas de atendimento em situações simuladas.

Conteúdo Programático: Curso Condutor de Ambulância
Introdução;
Sistema de saúde local e serviços relacionados;
Serviço Pré Hospitalar Móvel;
Central de Regulação e Equipamentos;
Anatomia e Fisiologia;
Cinemática do Trauma;
Abordagem do paciente:
Manejo de Vias Aéreas/Ressuscitação Cardiopulmonar;
Biossegurança;
Ferimento / Hemorragia / Bandagem / Choque;
Trauma musculoesquelético e imobilizações;
Traumatismos específicos;
Remoção de vítima;
Assistência ao Parto e Cuidados com o Recém Nascido;
Intervenção em crises e atendimentos de pacientes especiais;
Afogamento;
Curso Condutor de Ambulância:
Intoxicação Exógena;
Emergências Clínicas;
Acidentes com múltiplas Vítimas e
Catástrofe;
Acidentes e procedimentos com produtos perigosos;
Situações especiais na parada cardíaca
Responsabilidade Civil e Criminal do profissional de saúde
Manuseio do DEA – Desfibrilador externo automático
Ataque cardíaco (IAM ou SCA) e AVE (AVC)
Parada Cardíaca e Morte Súbita
Noções de Direção defensiva

Carga Horária: Curso Condutor de Ambulância
Capacitação Carga horária  = 50 horas/aula
Atualização (Reciclagem)   – Carga horária  mínima = 08 horas/aula

CERTIFICAÇÃO: Será expedido o Certificado do Curso de Condutor de Ambulância  para cada participante que atingir o  aproveitamento mínimo de 70% (teórico e prático) conforme preconiza as Normas Regulamentadoras.

Atualização (Reciclagem): O  Curso Condutor de Ambulância é recomendável anualmente ou se ocorrer evento que indique a necessidade de atualização.

Clique no vídeo para assistir treinamento de condutor de ambulância.

Saiba mais curso Condutor de Ambulância e Primeiros Socorros:
Podemos definir como Primeiros Socorros, as medidas iniciais e imediatas aplicadas em pacientes fora do ambiente hospitalar, executadas por pessoa treinada para realizar a manutenção dos sinais vitais e evitar o agravamento das lesões já existentes.
Os Primeiros Socorros podem ser também conceituados como o atendimento prestado aos pacientes qualquer acidente ou mal súbito, antes da chegada de qualquer profissional qualificado da área da saúde ou equipe especializada em atendimento pré-hospitalar.
Primeiros Socorros incluem procedimentos de primeiros socorros que são medidas de emergência para o reconhecimento e correção imediata da falência dos sistemas respiratório e/ou cardiovascular, ou seja, avaliar e manter o paciente respirando, com batimento cardíaco e sem hemorragias graves.
Curso Condutor de Ambulância:

No curso de Condutor de Ambulância ensinará a correta aplicação das etapas de reanimação cardiopulmonar (abertura das vias aéreas, respiração artificial e compressão torácica externa) e o controle das hemorragias de um paciente podem sustentar sua vida até que ela possa recuperar-se o suficiente para ser transportada para uma unidade hospitalar ou ainda, até que possa receber melhor tratamento, através de um serviço de socorro pré-hospitalar profissional.
Sempre que possível realize treinamentos práticos de primeiros socorros com Instrutor especializado.
Curso Condutor de Ambulância:
ASPECTOS LEGAIS DA INTERVENÇÃO EM URGÊNCIAS
Como socorrista  o Condutor de ambulância  deverá prestar assistência ao paciente em diversas situações e deve seguir rigorosamente os padrões de assistência previstos neste Manual ou de acordo com os padrões de assistência previstos para a sua capacitação profissional (enfermagem, segurança do trabalho, fisioterapeuta, etc.). Os aspectos considerados como padrões de assistência (protocolos) previstos neste Manual são baseados em leis, ordens administrativas e normas publicadas pelos serviços de emergências médicas locais (Corpo de Bombeiros – SAMU) e sociedades vinculadas ao atendimento de emergência (Funcor – SP – American Heart Association).
Em alguns casos você poderá se deparar com situações imprevistas que exigirão decisões que poderão ser questionadas sob o ponto de vista legal e, nesse caso, necessitará de provar que agiu de acordo com os padrões de assistência aceitos para o caso em questão.
No treinamento de Condutor de Ambulância, o participante aprenderá como agir com segurança em conformidade com o que estabelece o Código Penal brasileiro:
Curso Condutor de Ambulância:
OMISSÃO DE SOCORRO
Artigo 135 – CP – “Deixar de prestar assistência, quanto possível fazê-lo sem risco pessoal, à criança abandonada ou extraviada, ou à pessoa inválida ou ferida, ao desamparo ou em grave e iminente perigo; ou não pedir, nesses casos, o socorro da autoridade pública”.
Pena – detenção, de 1 (um) a 6 (seis) meses, ou multa.
Parágrafo único. A pena é aumentada de metade, se da omissão resulta lesão corporal da natureza grave, e triplicada, se resulta a morte.
Vale lembrar que se o socorrista leigo não tem o dever de correr risco para a prestação de socorro a vítimas de qualquer natureza, eximindo-se da acusação de cometimento do crime de omissão de socorro somente pelo fato de pedir o socorro para a autoridade pública através dos telefones de emergência (190 – Polícia Militar, 192 – SAMU, 193 – Corpo de Bombeiros), identificando-se devidamente ou apresentando-se de imediato espontaneamente em um Distrito Policial após solicitar o serviço de emergência por telefone, caso sua vida esteja em risco no local de ocorrência (EX. Tentativa de linchamento após atropelamento).
O profissional que tem o dever de agir, em razão de sua profissão, poderá ser acusado de deixar de cumprir sua obrigação funcional, nesse caso, sendo funcionário público, comete o crime de prevaricação, com penalidades mais severas.
Curso Condutor de Ambulância:
De qualquer modo, uma vez que você tenha iniciado o atendimento de primeiros socorros do paciente  doente ou ferido, preste o atendimento de acordo com o seu nível de treinamento, acione o pessoal qualificado para lhe dar assistência (Resgate dos Corpos de Bombeiros ou Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) e não abandone o local antes da chegada das equipes de apoio.
Lembre-se de que você não foi treinado para elaborar um diagnóstico médico ou para predizer as condições de estabilidade da vítima; é necessário acompanhá-lo até a chegada do pessoal qualificado.
Você também não deverá sair do local com a chegada de um Socorrista com o mesmo nível do seu treinamento. O paciente poderá piorar e seus problemas serão melhores conduzidos com a presença de dois Socorristas.
Informe sempre ao Socorrista ou equipe especializada que lhe suceder os resultados obtidos na avaliação inicial da vítima e qual assistência lhe foi prestada.
Curso Condutor de Ambulância: Consulte-nos.